Busca Home Bazaar Brasil

Beleza sem cortes: cresce a variedade de procedimentos estéticos não cirúrgicos

by Ariene Oliveira
Harper's Bazaar Singapura - Junho 2017

Harper’s Bazaar Singapura – Junho 2017

Encarar o bisturi, em muitos casos, é coisa do passado! Atualmente, tratamentos de última geração permitem um controle maior sobre resultados estéticos na face e no corpo, garantindo uma aparência cada vez mais natural. E os já dados comprovam. Segundo o censo da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica (SBCP), a procura por procedimentos estéticos não cirúrgicos aumentou em 390% nos últimos anos. Conheça os mais modernos tratamentos para as principais queixas da beleza.

Foto: Harper's Bazaar UK

Foto: Harper’s Bazaar UK

Varizes e vasinhos

“Houve muita evolução no que se refere aos cuidados com as varizes, principalmente, por conta do surgimento de novos modelos de tratamento e novas técnicas”, conta o angiologista Thiago Rocha. Um dos principais destaques é o ClaCS, um moderno método que une o laser transdérmico, a aplicação de glicose no vaso doente (escleroterapia), o resfriamento da pele e o scanner com tecnologia veinviewer, que mapeia todas as veias das pernas. Tudo sem a necessidade de cirurgia ou internação hospitalar. “Ideal para varizes e microvarizes, o tratamento é seguro, eficaz e pode ser feito no mesmo dia da consulta, após um exame de circulação no consultório”, diz o especialista.

 

Foto: Jinny Yoon, MD

Foto: Jinny Yoon, MD

Rejuvenescimento facial

Para melhorar a sustentação da pele sem a necessidade de intervenções cirúrgicas, uma das técnicas mais indicadas é o MD Codes. “O procedimento é feito por meio de um mapeamento dos pontos de sustentação da face e, a partir de então, é aplicado o ácido hialurônico nessas regiões destacadas, que podem ser testa, maçã do rosto até a área mandibular”, explica a dermatologista Christiane Gonzaga. Um dos diferenciais do tratamento é que ele mantém as características individuais dos rostos dos pacientes, respeitando o formato e a estrutura óssea de cada face. “Ele não só promove a melhora das proporções faciais, mas também previne o aparecimento precoce da flacidez em pacientes com mais tendência”, comenta.

 

Foto: Harper's Bazaar USA

Foto: Harper’s Bazaar USA

Sustentação dos seios

Conhecido como Laser Bra Lift, a técnica utiliza o aparelho Fotona, que combina dois tipos de lasers, o Erbium Yag, que enrijece a área, e o ND Yag, que induz o aquecimento do tecido, dando o efeito Bra Lift. Combinadas, essas duas tecnologias atuam na flacidez, no relevo, na textura e no contorno da área tratada. “Nos seios, o aparelho estimula a microcirculação, tornando o tecido conjuntivo mais espesso. Toda a região das mamas é tratada, inclusive o colo”, pontua a dermatologista Lilian Delorenze. O tratamento é indicado apenas para quadros de flacidez leve, não substituindo a intervenção cirúrgica em casos de flacidez severa. “Devem ser feitas, em médias, três sessões. Os resultados duram de seis meses a um ano”, diz.

 

Foto: Harper's Bazaar por Christian Ferretti

Foto: Harper’s Bazaar por Christian Ferretti

Harmonização nasal

Sim, em alguns casos, é possível ter um nariz mais harmônico sem a necessidade de cirurgia! O preenchimento – feito com o já conhecido ácido hialurônico – pode ser usado para corrigir pequenas imperfeições, como depressões e sulcos, e também para levantar a ponta nasal. “Pessoas com gibas nasais – o relevo no dorso do nariz – costumam aderir a essa técnica para aumentar todo o dorso nasal, disfarçando a giba”, explica o cirurgião plástico Luiz Victor Carneiro Jr. Com duração de 10/12 meses, o preenchimento deve ser feito por um profissional capacitado, que seja especialista na anatomia nasal.  “Porém, se o paciente possui eventuais problemas respiratórios e/ou deseja diminuir o tamanho do nariz, a rinoplastia continua sendo a melhor opção”, salienta o médico.