Busca Home Bazaar Brasil

Arte pocket

Nova feira de arte de São Paulo, a Semana de Arte tem programação expandida, poucos stands de galerias e um crivo curatorial mais refinado

by redação bazaar
Cristiano Mascaro

Cristiano Mascaro

Por Felipe Stoffa

A capital paulista ganha uma nova feira de arte para chamar de sua este mês, para poucos e bons. A Semana de Arte de São Paulo, organizada pelos galeristas Luisa Strina e Thiago Gomide, o curador Ricardo Sardenberg e o empresário cultural Emilio Kalil, tem um crivo mais rigoroso na seleção das obras a serem comercializadas, menos stands de galerias – serão cerca de 35 – e prepara uma programação externa que extrapola os domínios do hotel Unique, seu QG. A ideia é aprimorar o envolvimento dos organizadores do evento com a proposta conceitual de cada galeria. “É como se estivéssemos organizando diversas exposições simultâneas”, diz Luisa.

Caio Reiswitz

Caio Reiswitz

Das galerias internacionais confirmadas, dividem o espaço as nova-iorquinas Alexander and Bonin e Luhring Augustine, as londrinas Luhring Augustine Gallery e Sprovieri Gallery, além da espanhola Elba Benitez, entre outras. Enquanto isso, nomes já conhecidos daqui, entre eles A Gentil Carioca, Jaqueline Martins, Vermelho, Luciana Brito, Nara Roesler, Casa Triângulo, Luisa Strina e Bergamin & Gomide, ocupam stands de metragem similar, de forma menos hierárquica, como preferem os organizadores do evento. Para esquentar, a Galeria Millan promove em seu espaço uma individual de Tunga, morto no ano passado. Já a Mendes Wood DM aposta no duo da artista italiana Dadamaino e o brasileiro Paulo Monteiro.

Enquanto Sardenberg é responsável pela programação de debates e palestras, outra parte do calendário, com atividades que vão além das artes visuais, ficou à cargo de Kalil, empresário que, entre inúmeras funções, já dirigiu o Grupo Corpo, produziu edições da Bienal de São Paulo e foi Secretario Municipal de Cultura do Rio de Janeiro e São Paulo. Teatro, dança, literatura e música são alguns dos pilares que levam a Semana de Arte para fora dos salões do Unique. Para um mercado que cada vez mais se profissionaliza no País, o evento é uma oportunidade tanto para os habitués do circuito quanto para os visitantes mais despretensiosos.

De 17 a 20 de agosto :: semana.art