Busca Home Bazaar Brasil

#BazaarArt: entre retrato e performance

Homenagem a Francesca Woodman, que influenciou toda uma geração de fotógrafos

by elav
Francesca Woodman

Francesca Woodman

As fotografias de Francesca Woodman (1958 – 1981) são notáveis por sua força e urgência, assim como pela habilidade peculiar de convergir experimentalismo e classicismo. A maior parte dessas imagens foram produzidas a partir de uma longa e lenta exposição do filme fotográfico, revelando seus sujeitos (muitas vezes a própria Woodman) de forma indefinida e esfumaçada. Essa própria carência de nitidez concede ao trabalho um ar de mistério, beirando o sobrenatural; o espectador é confrontado pela ambiguidade da representacão de uma figura que se move no espaço congelado, onde movimento borrado torna-se em si mesmo enormemente perplexo.

Francesca Woodman

Francesca Woodman

Que corpo é esse, de onde vem e para onde vão? Essa indeterminação aponta o desejo da artista em explorar algo fora das fotografias em si, como se na passagem do tempo, ela buscasse a fonte do movimento, e revelando dentro da definicão do frame um mundo aquém de sua materialidade. Há algo aqui, que excede o espaço real da existência dessas imagens, como a violência do tempo. E é assim que a artista problematiza a própria natureza do suporte, do gênero retrato, e de sua impossibilidade oscilante em descrever seus estados subjetivos.

Francesca Woodman

Francesca Woodman