Busca Home Bazaar Brasil

Azul da cor do mar

Aos nove anos, a Casa Turquesa, em Paraty, se consolida como uma das pousadas mais charmosas e luxuosas do País

by Guilherme Rodrigues

Os lances de escada que elevam à construção para longe das travessuras das marés. O roteiro é Paraty, cidade histórica nos limites entre São Paulo e Rio de Janeiro – doce, intrigante e receptiva. Quem espera os visitantes é um time afinado, comandado pela intrépida Tetê Etrusco.
Os hóspedes são convidados a deixar os sapatos numa cesta de vime logo na entrada da pousada, e ali mesmo eles vestem chinelos na cor da casa, cada qual com um laço amarrado numa das alças. É pela tonalidade das fitas que os nove quartos são batizados. A atmosfera leve e o décor aconchegante fazem o lugar ter jeito de casarão de amigo – nada faz referência aos sisudos hotéis, nem mesmo o balcão do check in, que deixa à mostra uma jarra de água aromatizada e balinhas que logo desaparecem entre as mãos dos transeuntes.
Tetê é uma paulistana com bossa carioca. Despretensiosamente elegante e de sorriso fácil. Ela elegeu Paraty para ser o seu cantinho no mundo há 23 anos. “Vivi na Provença (França) muito tempo. Depois tive um barco, e foi quando descobri esse paraíso, que me cativou tanto que não consegui mais ir embora”, diz. O que veio a seguir? Ela arrematou uma edificação com vista para o mar e escalou o arquiteto Renato Tavaloro para transformar os interiores e recuperar os traços originais da fachada. “Sempre gostei de abrigar os amigos, então tive a ideia de inaugurar a Casa Turquesa como se fosse uma extensão da minha própria residência.” E ela fez isso com a expertise de quem sabe aliar sofisticação sem exagerar na pompa. “Paraty é para se aproveitar de pés no chão”, avisa. Aí está a mais pura verdade, já que o calçamento de pedras que reveste as ruelas do centro não é dos mais indicados para a turma do salto alto.
A trip, que é preferida por famosos que gostam de passar despercebidos, também figura na crista da onda dos casais em lua-de-mel graças ao viés romântico aliado a essa pitada supercool que fascina os turistas. Há, inclusive, quem escolha se casar por aquelas bandas – Paraty faz frente a Trancoso, na Bahia –, em cerimônias intimistas. “Existem capelas e igrejas lindas na região. A maioria que sonha em subir ao altar em Paraty não quer ostentação”, endossa Tetê. E nesse quesito, a Casa Turquesa é opção imperdível para as núpcias (e ainda é gay friendly!), com pacotes que oferecem desde roupa de cama especial e mimos surpresas até passeios de barco com piquenique (a partir de R$ 800 reais).

A gastronomia é outro destaque, com pratos saborosos e delicados. Para arrematar a estadia em grande estilo, a pousada lançou recentemente um app (disponível para IOS), que conta com calendário de atividades culturais, conciergeria e dicas de restaurantes e programas bacanas – e tudo isso no idioma que o smartphone estiver configurado. Enfim, a simplicidade é mesmo um dos grandes luxos da humanidade. casaturquesa.com.br