Busca Home Bazaar Brasil

Mulheres boho: o estilo “ao natural” de Sofia Kozma

Melhor representação da moda dos anos 1970, o boho na interpretação da arquiteta

by elav
Sofia usa top (R$ 2.250) e calça, R$ 1.340 ambas Max Mara; maxicolar (R$ 368), Pri Schiavinato; e braceletes (R$ 652 cada), Eleonora Hsiung - Foto: Erico Toscano/Harper's Bazaar

Sofia usa top (R$ 2.250) e calça, R$ 1.340 ambas Max Mara; maxicolar (R$ 368), Pri Schiavinato; e braceletes (R$ 652 cada), Eleonora Hsiung – Foto: Erico Toscano/Harper’s Bazaar

Por Ligia Carvalhosa, com edição de moda de Marco Gurgel

Com passagem comprada para Ibiza, a arquiteta Sofia Kozma recheou sua bagagem com longos rendados, flats, chapéu e bolsas de palha, além de peças de estampas psicodélicas. “Gosto de um estilo mais despojado e cômodo, mas com um toque de classe” – o pre-fall da Missoni e Emanuel Ungaro explicam bem a referência.

Vestindo calça e bata de seda Max Mara, colar statement de Pri Schiavinato e pulseiras Eleonora Hsiung, a paulistana acredita na versatilidade do look. “Esta é uma produção que posso usar do dia à noite; para um almoço, mudaria apenas os acessórios.”

Fã das franjas de Cris Barros e das amarrações de Cecília Echenique, Sofia acredita que o boho de hoje deixou de lado a espontaneidade 70’s. “É uma moda de contrastes, de mistura entre o velho e o novo, o rígido e o fluido.”

Assine a Harper’s Bazaar