Por Felipe Stoffa

Entre os dias 5 e 8 de outubro, o circuito artsy se desloca para Londres na 15ª edição da Frieze, uma das maiores feiras de arte do mundo, que recebe mais de 160 galerias de diversos países e oferece um calendário lotado de atividades. Para completar o passeio, Bazaar reúne aqui um guia com destaques que agitam galerias e museus da cidade:

 

Jorge Menna Barreto - Restauro, 2016 (foto: Janaina Miranda)
Jorge Menna Barreto – Restauro, 2016 (foto: Janaina Miranda)

Restauro – Jorge Menna Barreto
Serpentine Gallery 
30 de setembro
Como parte do programa de promoção da arte contemporânea brasileira no mundo, a Fundação Bienal leva para a Serpentine Gallerie a obra Restauro, de Jorge Menna Barreto. Comissionada para a 32ª edição da Bienal paulistana, em 2016, o projeto foi um dos grandes destaques do evento e se constitui como uma obra-restaurante, em que o público podia almoçar durante todo o período da exposição, e envolveu uma rede de pequenos produtores de agronegócios. Menna Barreto também promoveu diversas palestras como parte da obra. Após um mês em Londres, o artista entrou em contato com métodos sustentáveis de uso da terra, chefs e pequenos produtores alimentícios locais para dar novos ares à proposta, que será reapresentada como uma ação na instituição britânica.

 

Marina Abramovic (foto: divulgação)
Marina Abramovic (foto: divulgação)

Conversa com artista: Marina Abramovic
Serpentine Gallery 
4 de outubro
A terceira edição do evento, organizado pela fundação suíça Beyeler, ocupa a Serpentine Gallery no mesmo dia de abertura da Frieze. O programa oferece palestras com renomados artistas, e a convidada da vez é a famosa performer Marina Abromovic, que fala sobre sua prática artística com mediação de Hans Ulrich Obrist, curador e diretor da Instituição. Curioso? O evento será transmitido ao vivo no Facebook da Fundação.

 

Willem de Kooning - Sem Título XXIX, 1986 (foto: Willem de Kooning Foundation/Artists Rights Society (ARS), New York and DACS, London 2017/cortesia Skarstedt)
Willem de Kooning – Sem Título XXIX, 1986 (foto: Willem de Kooning Foundation/Artists Rights Society (ARS), New York and DACS, London 2017/cortesia Skarstedt)

Willem de Kooning: Late Paintings
Skarstedt Gallery 
4 de outubro – 25 de novembro
Dedicada à artistas contemporâneos da Europa e América do Norte, a galeria londrina organiza uma mostra sobre o artista Willem de Kooning, um dos maiores nomes do expressionismo abstrato. São diversas pinturas, quase inéditas ao público, vistas pela última vez em 1995, quando a Tate organizou uma retrospectiva sobre o artista. Agora, a exposição enfoca a última década de vida de de Kooning, com trabalhos entre os anos de 1980.

 

Gino De Dominicis - Con Titolo (Ghilgamesh), 1988 (foto: Arquivo Gino de Dominicis/DACS, 2017)
Gino De Dominicis – Sem Título (Lady Diana), 1985 (foto: Propriedade do artista/Arquivo Gino de Dominicis/Foligno, Italia, DACS, 2017)

Gino De Dominicis: Works From the Collection of Guntis Brands
Luxembourg & Dayan
4 de outubro – 8 de dezembro
Falecido no final dos anos 1990, o excêntrico artista italiano se manteve por muito tempo como uma figura desconhecida no mundo das artes. Com um trabalho sensível e emblemático, sua produção é alvo de retrospectiva na galeria Luxembourg & Dayan, que apresenta pinturas dos últimos 20 anos de vida do artista. Todas as obras, muitas inéditas, são do acervo pessoal de Guntis Brands, colecionador de arte e amigo próximo de Dominicis.

 

 Takuro Kuwata - Untitled, 2016 (foto: cortesia Stephen White/Frieze
Takuro Kuwata – Sem Título, 2016 (foto: cortesia Stephen White/Frieze

Frieze Sculpture 2017
Regent’s Park
Até 8 de outubro
Para esquentar o verão europeu, a Frieze organizou no famoso parque Regent’s uma exposição a céu aberto com mais de 20 esculturas de artistas contemporâneos. Com direção de Clare Lilley, a mostra se encerra junto com a feira, e conta com um app desenvolvido especialmente para ocasião, que oferece um mapa para os turistas se guiarem pelo local.