Jean Terra com uma de suas obras da "esculturas de luz" que está exposta na 19ª edição do Salão Internacional de Arte Contemporânea - Foto: divulgação
Jean Terra com uma das obras da série “Esculturas de Luz”, que está exposta na 19ª edição do Salão Internacional de Arte Contemporânea – Foto: divulgação

A brasileira Jeane Terra foi uma das 600 artistas convidada a participar da 19ª edição do Salão Internacional de Arte Contemporânea (Salon International d’Art Contemporain) que acontece uma vez por ano no Louvre (Carrousel do Louvre), em Paris. A mostra acontece entre essa sexta-feira (21.10) e domingo (23.10). A artista plástica expõe duas peças feitas no fim de 2015, da série Esculturas de Luz, e outra que leva o nome de Notas Flutuantes. 

Uma das peças da "escultura de luz" que está exposta na 19ª edição do Salão Internacional de Arte Contemporânea - Foto: divulgação
Uma das peças da “escultura de luz” que está exposta na 19ª edição do Salão Internacional de Arte Contemporânea – Foto: divulgação

“Participar de um Salão fora do Brasil é um passo importante pra minha arte. É o resultado da reverberação dela em outras culturas. Sinto que através desse convite ela pode alcançar novas fronteiras visuais e trazer novas camadas e um diálogo mais amplo para meu trabalho”, disse Jeane.

Uma das obras da linha "notas flutuantes" que está exposta na 19ª edição do Salão Internacional de Arte Contemporânea - Foto: divulgação
Uma das obras da linha “notas flutuantes” que está exposta na 19ª edição do Salão Internacional de Arte Contemporânea – Foto: divulgação

Além disso, a artista já assinou três cenários em 2016: o Rio Bossa Club, que ocorreu no Belmond Copacabana Palace entre setembro e a primeira semana de outubro; e o cenário do show das cantoras Isabella Taviani e Monique Kessous. Além disso, entre os dias 26 de setembro e 02 de outubro, Jeane esteve em Roma, na Itália, ao lado de Adriana Varejão, de quem é assistente há sete anos, acompanhando a abertura de uma exposição na Gagosian Gallery.