Burberry, inverno 2021 – Foto: Divulgação

A Burberry aumentou suas metas ambientais para 2040. Além de se tornar neutro em carbono até o ano (uma década antes do estabelecido no Acordo de Paris), também se compromete a se tornar “climate positive”, o que significa que economizar mais emissões de gases do efeito estufa do que gerar.

Para isso, a marca acelera suas ambições de reduzir as emissões de carbono em sua cadeia de suprimentos. O objetivo é reduzir as emissões em 46% – a meta original de 30% até 2030.

“A Burberry foi construída com base no desejo de explorar a natureza e os grandes espaços ao ar livre, e isso permaneceu como nossa inspiração por mais de 150 anos. Com base nessa herança, estamos estabelecendo um novo plano ousado e estamos unidos por nossa paixão por ser uma força para o bem”, afirma o CEO Marco Gobbetti em comunicado oficial.