Dzarm: E-CO₂ Denim – Fotos: Divulgação

Não faz muito tempo, fomos surpreendidos com a informação de que, no Brasil, produzir uma única peça de calça jeans gasta em média 5.196 mil litros de água – suficiente para atender as necessidades de 47 pessoas em um único dia, segundo os cálculos da ONU. Isso nos fez repensar e despertou a preocupação com os processos industriais. A boa notícia é que os fabricantes passaram a trabalhar de maneira mais sustentável e já estamos colhendo os primeiros frutos.

A nova coleção de jeans sustentável da Dzarm, a E-CO₂ Denim, foi lançada especialmente no Dia Mundial da Água e é a segunda coleção de denim com a menor pegada de carbono da história da marca. Tem menos impacto ambiental, gerando uma economia de até 96% de água quando comparado a um produto jeans normal. Em todo o processo, 85% da água é reutilizada e é feito o tratamento de 100% dos efluentes. O novo tecido também gera 34% menos de Co2 do que um denim comum. Em parceria com o Instituto Ipê, compensam em dobro todo o carbono emitido na produção da coleção.

Para criar o jeans do futuro, a Dzarm optou pelo uso de amaciantes naturais e dispensou o uso de alvejantes. Com isso, houve uma melhoria de até 61% na etapa de lavagem, com redução de substâncias nocivas para a saúde do trabalhador e do planeta. O E-CO₂ Denim é feito de algodão rastreado e certificado, com procedência nacional proveniente do manejo sustentável. 100% dos fornecedores são certificados pelas principais instituições de controle de qualidade e responsabilidade sócio-ecológica do mundo, colocando a ética e as relações justas de trabalho como um valor fundamental.

A coleção com o tecido E-CO₂ Denim traz novas modelagens de calças, jaquetas, shorts e macaquinho jeans, disponíveis no e-commerce da marca e em lojas espalhadas pelo Brasil.