Foto: Divulgação

Nesta terça-feira (09.06), a Gucci lança novas plataformas digitais: o perfil no Instagram @GucciEquilibrium e o site Equilibrium tem como objetivo enfatizar o compromisso contínuo da marca em gerar mudanças positivas para as pessoas e o planeta. O site vem com um novo logotipo para representar a interconexão entre as pessoas e o planeta, desenhado pela artista MP5.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Junto com iniciativas de apoio a impactos sociais duradouros e a gestão ambiental, os resultados de lucros e perdas ambientais (EP&L) da Gucci, de 2019, foram publicados e revelam uma redução de 21% em seus impactos ambientais totais durante o período.

Gucci Equilibrium

Foto: Divulgação

A próxima geração do Gucci Equilibrium, lançada em 2018, tem como objetivo inspirar e unificar uma comunidade de vozes para participar de conversas sobre tópicos cada vez mais críticos no mundo de hoje. Através de suas novas plataformas, a marca engaja conversas com um grupo consciente e motivado de pessoas, nomeado de #GucciCommunity, com ideias semelhantes, engajadas e inclusivas que se posicionam sobre questões que definem a maneira como tratamos o mundo e o outro.

Os novos meio digitais da Gucci compartilharão mensagens de um grupo diversificado de líderes, organizações e talentos da iniciativa com o objetivo de promover a ação climática e um mundo justo e equitativo para todos. Isso, por sua vez, incentivará outras experiências e idéias que seguem o mesmo caminho.

“A Gucci é impulsionada pelas questões que influenciam fundamentalmente e criam nosso futuro coletivo. É fundamental que construamos esse futuro para ser mais equitativo, onde a injustiça e a discriminação em todas as suas formas não podem prevalecer. À luz dos eventos atuais, nosso compromisso inabalável de combater o racismo e a luta pela igualdade é agora ainda mais forte”, disse Marco Bizzarri, presidente e CEO da grife.

Como empresa, continuaremos focados em gerar mudanças positivas para as pessoas e a natureza em todo nosso negócio. Também temos a responsabilidade, como marca global, de sermos parceiros ativos na comunidade para incentivar mudanças e o Gucci Equilibrium tem capacidade de reunir e unir uma comunidade de vozes para ajudar a navegar no caminho a seguir”, completa Bizzarri.

Definido pelos pilares “Pessoas” e “Planeta”, o site da Gucci Equilibrium abrange os compromissos e ações da amrca para reduzir sua pegada ambiental e proteger a natureza, ao mesmo tempo em que apoia os direitos das pessoas e defende a inclusão e o respeito para que todos na comunidade global da Gucci sejam livres para se expressar de diversas e autênticas maneiras.

Essas iniciativas também vão além do próprio negócio da grife para impactar mudanças sistêmicas de maneira mais ampla: desde a criação de oportunidades para diversos talentos com pouca representação na indústria da moda (com programa comunitário de bolsas e fundos da Gucci Changemakers) até a liderança climática em todos os setores, através do CEO Carbon Neutral Challenge por exemplo.

Estas mensagens também estão sendo fortalecidas fora de suas novas plataformas, dando maior visibilidade à sustentabilidade em seus principais meios, incluindo ativação de varejo, o site e o aplicativo da Gucci.

Gucci 2019 EP&L

Esta terça-feira também foi marcada pela publicação dos resultados da conta de lucros e perdas ambientais (EP&L) da Gucci, para comparar seu progresso contínuo com suas ambiciosas metas de sustentabilidade. A estratégia de dez anos da Gucci Culture of Purpose (2015-2025) tem como objetivos a redução de 40% do total de impactos ambientais da Gucci em suas outras operações diretas e em toda a cadeia de suprimentos e uma redução de 50% da emissão de gases do efeito estufa (GEE) até 2025.

Detalhados no resultado da conta, os novos resultados da grife para 2019 revelam uma redução de 39% nos impactos combinados da marca e uma redução de 37% nas emissões de GEE por si só, em relação a dados de base de 2015. Comparando estes resultados com os de 2018, a Gucci reduziu sua presença geral em 21% e suas emissões de GEE em 18% ano a ano.

Estes números são resultados de diversas ações, como aumento do uso de matérias-primas recicladas e bibras orgânicas, extensão de projetos sustentáveis, mudança para energia verde, entre outras.