Nicole Kidman – Foto: Arquivo/Harper’s Bazaar

Mesmo antes de qualquer recomendação de saúde, as pessoas já permaneciam mais tempo em casa. Isso porque, com a tecnologia, algumas demandas de trabalho podem ser feitas remotamente, além da oferta de entretenimento, como filmes e séries, nos serviços de streaming.

Por passar mais tempo em casa, novas tendências de decoração espontâneas surgiram e se expandiram. Assim, as pessoas começam a optar por combinações mais claras, coloridas e leves, com plantas espalhadas pelo ambiente. Essa decoração recria a sensação de estar “ao ar livre” e tem o poder de melhorar o humor.

Uma pesquisa realizada na Universidade de Sidney, na Austrália, pelo pesquisador Fraser Torpy, mediu o potencial das plantas em melhorar a qualidade do ar em ambientes externos. Nela, ficou comprovada que elas não só colaboram para que os níveis de concentração de dióxido de carbono diminuam, mas também filtram do ar elementos que podem oferecer riscos à saúde.

A análise foi realizada com base na presença de plantas em escritórios e ambientes residenciais. Assim, os resultados dos níveis de CO2 caíram 25% em lugares com ventilação natural e 10% em locais em que o ar-condicionado permanece a maior parte do dia ligado.

Há ainda outro estudo conduzido por Torpy que acompanhou as atividades em um escritório por três meses. Ao fim da pesquisa, os participantes relataram uma redução dos níveis de estresse em até 40%. O número de atestados médicos entre os trabalhadores também caiu.

Assim, qualquer planta de porte médio – por volta de 20 centímetros – colocada na sala pode fazer a diferença na redução carbônica. Além disso, a escolha do tipo de planta também pode oferecer benefícios específicos aos moradores da residência.

Veja abaixo três opções de plantas para melhorias no sistema nervoso, cansaço e estado geral do corpo.

Lavanda

Pesquisas apontam que a lavanda acalma, reduz a frequência cardíaca, alivia dores de cabeça e atua no relaxamento da mente e do corpo. Isso porque a planta atua de forma a acalmar o sistema nervoso, e, para quem tem bebês em casa, o aroma da lavanda irá deixá-los tranquilos.

Alecrim

Encontrado também em floriculturas, o alecrim atua principalmente no combate ao cansaço, reduzindo a fadiga, o medo e melhorando o sono, já que diminui os níveis de cortisol no sangue. Também influencia na memória, que pode melhorar em até 75%.

Espada-de-são-jorge

Consegue tratar dores de cabeça, irritação nos olhos e doenças respiratórias, além de ter influência no estado geral de saúde.