Renner lança primeiros calçados do Brasil produzidos a partir de resíduos de uva
Foto: Bruna Sussekind/Divulgação

Renner apresenta, pela primeira vez no varejo brasileiro, um produto de moda confeccionado com matéria-prima feita a partir de resíduos de uva. Usando inovação e tecnologia a serviço da criação de moda responsável, a varejista trabalhou ao lado de fornecedores parceiros para desenvolver este material menos impactante ao meio ambiente, que está presente na composição de quatro modelos de calçados femininos, lançados nesta quinta-feira (09.06).

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

O ponto de partida desta nova matéria-prima são os restos de uva não aproveitados pela indústria do suco ou do vinho. Após ser submetida a um processo de prensagem e processamento, a semente da fruta é transformada em farinha, que passa a fazer parte do material que dá origem aos calçados, diminuindo a necessidade de utilização de matérias-primas virgens.

Renner lança primeiros calçados do Brasil produzidos a partir de resíduos de uva
Foto: Bruna Sussekind/Divulgação

“Acreditamos que o caminho para construir uma moda cada vez mais responsável passa por desenvolver matérias-primas inovadoras e ainda não-convencionais. Pensando nisso, fizemos um trabalho colaborativo, engajando nossa cadeia de fornecimento e outros parceiros em um projeto que incentiva a economia circular, com o objetivo de dar uma nova função a um resíduo que seria descartado e transformá-lo em um produto com atributos de sustentabilidade e muita informação de moda”, comenta a diretora de Estilo da Lojas Renner, Fernanda Feijó.

A coleção-cápsula é composta por duas botas, um sapato e um tênis, todos femininos, com valores a partir de R$ 199. Os itens estarão disponíveis no e-commerce da Renner e em lojas selecionadas. A ideia é ampliar gradativamente a utilização desta matéria-prima gerada a partir do resíduo de uva, não só aumentando sua aplicação no mix de calçados da marca, mas também passando a empregá-la em outras linhas de produto no futuro.

Renner lança primeiros calçados do Brasil produzidos a partir de resíduos de uva
Foto: Bruna Sussekind/Divulgação

A iniciativa integra o guarda-chuva do Selo Re – Moda Responsável, que representa o jeito de a Renner pensar e praticar a sustentabilidade e identifica todas as peças menos impactantes da marca.