Tommy Hilfiger aposta em materiais sustentáveis para inverno 2021
Foto: Divulgação

Depois de meses dentro de casa, privados de contato com a natureza ou viagens, a maioria das pessoas passou a valorizar mais a natureza e a falta que o contato com ela nos faz diariamente. Isso atingiu o mundo da moda de duas maneiras: em suas tendências e em uma intensificação de planos e ações sustentáveis.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Um exemplo é a coleção de inverno 2021 da Tommy Hilfiger, que foi feita para ser usada ao ar livre. Parcas oversized, pesados e volumosos casacos, bucket hats, peças em flanela e estampas de paisagens são alguns dos exemplos de como a grife buscou levar sua linha para o lado de fora – ou, pelo menos, suprir o desejo de seus clientes de estar de volta à natureza.

Mas esta não foi sua única preocupação. Roupas deste tipo costumam ser extremamente poluente, principalmente por serem feitas com fibras sintéticas, como poliéster e nylon, que contribuem para o aumento de microplástico em nossos oceanos.

A marca revisitou seus materiais para fugir deste costume que há muitos anos prejudica o meio ambiente. A maioria do poliéster usado nas peças é reciclado, o produto usado no enchimento dos dudunes é ecologicamente correto e aumentaram o uso de algodão orgânico (que não usa pesticidas e diminui o consumo de água) e fibras, como tencel e viscose, provenientes de florestas responsáveis e certificadas.

Apesar de não serem adaptações inovadoras quando o assunto é moda sustentável, o fato de uma empresa tão grande e influente, como a Tommy Hilfiger, se movimentar para que essas ações se tornem padrão é sempre admirável – e um lembrete para continuarmos de olho em suas ações.

Veja na galeria dez looks que amamos da coleção: