Mini, bebida de A Tal da Castanha – Foto: Divulgação

Por Fernanda Souza Ramos

Quanto tempo mais o mundo aguenta ser maltratado? Pelo jeito, chegamos ao limite. Solo devastado, florestas abrindo caminho para o gado, oceanos encharcados pelo plástico, queimadas descontroladas e pandemia. O vilão da era moderna é o reflexo daquilo que permitiu a evolução humana: o consumo dos recursos naturais. O que ninguém levou a sério é que esses recursos eram esgotáveis.

Tempo de repensar o futuro com um novo olhar sobre o presente, começando pela valorização dos produtos que não causam impacto ao meio ambiente. Do jeans que nunca sai de moda, e que virou peça sustentável, aos alimentos que vão para a lancheira da criançada. Esqueça as guloseimas hipercalóricas e os itens processados, e invista em qualidade.

No segmento de achocolatados – hit dos pequenos gourmands -, a boa-nova é o lançamento do Mini, da A Tal da Castanha, marca brasileira que combina excelência e inovação. A bebida encontrada nas versões chocolate, morango, baunilha e maçã com banana é feita com ingredientes naturais e orgânicos, sem nenhum composto de origem animal. O Mini é 100% vegetal e conta com boas doses de cálcio, fibras e ótimos nutrientes, além de ter 60% menos açúcar do que os seus concorrentes.

Composição

Um copo de 200ml é composto por 2,5g de fibra, 150mg de cálcio e 3g de proteína. “O comprometimento com a redução da oferta de açúcar, o não uso de aditivos artificiais e o enriquecimento de formulações com nutrientes específicos focados em cada faixa etária são ferramentas importantes, ou melhor, essenciais na nutrição infantil.

A categoria dos achocolatados, presente fortemente no mercado há décadas, teve grande direcionamento para o público infantil, porém, essas bebidas feitas com leite de vaca não são reconhecidas como uma opção saudável uma vez que, por possuírem listas de ingredientes extensas, alto teor de açúcar e aditivos alimentares artificiais, são classificadas como alimentos ultraprocessados a serem evitados”, alerta Alessandra Luglio, nutricionista e xonsultora da A Tal da Castanha.

De acordo com a especialista, devido à rápida velocidade do desenvolvimento infantil, cada faixa etária apresenta uma demanda nutricional específica, e a deficiência ou o excesso de nutrientes podem prejudicar a saúde das crianças e trazer consequências ao longo da vida. Por isso é fundamental incentivar o consumo e oferecer, diariamente, alimentos variados e coloridos, principalmente de origem vegetal como frutas, verduras, cereais e leguminosas, para garantir todos os nutrientes e suprir as necessidades diárias.

Hora do lanche

Mini, bebida de A Tal da Castanha – Foto: Divulgação

Para uma refeição completa, o Mini, que já vem prontinho para o consumo, também pode ser batido com frutas e servido como shake. O sabor baunilha combina com maçã, frutas vermelhas e linhaça. Já o de morango vai bem com manga e chia, enquanto o de chocolate fica perfeito no mix com banana e linhaça. Pode completar o menu com bisnaguinha integral recheada com requeijão de tofu e morangos ou sanduba de pão integral, com pasta de homus, cenoura ralada e uvas.