A moda como ela deve ser: inclusiva!

by Patrícia Favalle

Fotos: Ahmed Bahhodh (@ahmedbahhodh)

Desde os tempos mais remotos, a moda estava lá. Mas a indústria fashion nem sempre foi inclusiva. Houve época em que as pessoas consideradas “fora” dos padrões se sentiam abandonadas – e eram mesmo.

Então rolou a revolução de costumes lá no comecinho dos anos 1920. Depois de trancafiarem os espartilhos, algumas décadas à frente e as mulheres rasgaram as peças íntimas, desconstruíram a indumentária genuinamente masculina, subiram as barras das saias e transformaram o closet em algo funcional e (pasmem!), confortável.

Porém, foram os millennials os responsáveis pela maior mudança no conceito da moda: deixá-la acessível para todos. A Bazaar Kids é fã declarada desse discurso – e faz questão de apresentar esse editorial superfofo, que mostra, acima de tudo, como a diferença nos torna iguais.

Publicação1 Publicação2 Publicação3jpg Publicação4 Publicação5 Publicação6

Direção: Jessica Vereecken (@jessica.vereecken)
Edição de fotos: Cornelis Gert (@allt.be)
Stylist: Foulard Coralie
Beleza:Josefien Vander Zande (@vizaji_) e Anna Maltseva (@anartbeauty)