Prestes a voltar ao trabalho, Deborah Secco revela como conciliará trabalho e maternidade

Atriz esteve no lançamento da nova coleção da Lança Perfume

by Guilherme Rodrigues
deborah-secco-lanca-perfume-01

Foto: divulgação

por Eduardo Rolo

Após dar à luz Maria Flor em dezembro do ano passado, Deborah Secco irá voltar à TV com papel de destaque em Malhação – Pro dia Nascer Feliz. Para conciliar o trabalho e os cuidados da pequena, a atriz revela que contou com o apoio da emissora. “É sempre complicado voltar, por isso a Globo preparou um supercamarim para acomodar a minha filha. Para facilitar o dia a dia,  contratei uma babá – que antes não tinha. Tudo para ficar mais tempo possível com ela”, revela a atriz, que conversou com a Bazaar na tarde dessa terça (26.07), durante o lançamento da coleção verão 2017 da marca de roupas Lança Perfume. “Após o nascimento da minha filha, eu diminuí o ritmo de trabalho. Fiquei sete meses de licença. Agora, trabalho um dia ou dois por semana – no máximo”, acrescenta. “Pretendo manter este ritmo pelos próximos dois anos, vivendo sempre em função dela”, finaliza.

Tudo muda com a chegada de um bebê e a relação com a moda não seria diferente: “Prezo muito pela praticidade. Saia, por exemplo, não dá mais para usar. A Maria Flor engatinha, vai para o chão, não são posições… agradáveis”, brinca a atriz que confessa abusar dos shorts e calças jeans. “Sempre fui uma mulher básica, fico só na calça e camiseta mesmo. Cada vez mais invisto nessas combinações – e o Rio colabora para esta escolha”, conta.  Ela também conta que não perde mais tempo pensando em seus looks e prefere investir a sua criatividade em criações para a pequena.” Gosto de pensar no look completo – da meia ao laço na cabeça. Quando saímos, gosto de combinar nossos looks. Agora, mudei a dificuldade e tento coordenar eu, ela e a boneca”, brinca a atriz.

Apesar do armário da pequena ter muita coisa, Deborah explica que grande parte dos itens foram presentes. “Confesso que eu comprei pouca roupa para a Maria. Eu ganhei muita coisa de uma amiga que tinha tido filha recentemente. Roupa para recém-nascido não adquiri quase nada. Comecei a comprar itens que ela vai usar a partir de um ano e meio. Hoje, ela já tem roupa até os 3 anos”, brinca aos risos. Como dica, Deborah aconselha que as mães doem aquilo que já não serve nos pequenos.

Leia mais: Musas de street style mostram como atualizar a choker

Na semana de seu aniversário, Gisele Bündchen aparece em mood festivo em campanha da Colcci