Foto: Kano/Divulgação

Por Anita Dimarco

Como em um passe de mágica, a vida nos pregou uma peça e experimentamos algo inédito em muitas gerações: o confinamento. A Covid-19, literalmente, nos “trancou” e agora temos que seguir com a rotina normal de trabalho, casamento, filhos e escola… O problema é que tudo isso rola no mesmo espaço e sem a ajuda dos avós! Então, é chegada a hora de reformular a dinâmica e os relacionamentos familiares.

No século 21, a tecnologia virou a grande aliada da quarentena e pode ser a mão na roda neste momento delicado, principalmente quando o assunto é a educação escolar dos pequenos. Mas antes de mais nada, é fundamental organizar um plano de atividades, definir horários para toda a família e seguir à risca as tarefas estabelecidas.

SIGA A BAZAAR KIDS NO INSTAGRAM

Como a maioria dos pais está em home office e os filhos sem aulas presenciais (alguns estão sem aula!), fazer pausas estipuladas vai beneficiar a organização da casa e a saúde mental de pais e filhos. As ferramentas digitais ajudam a despertar a curiosidade e a imaginação de jovens e crianças. Muitas escolas adotaram aulas online e uma infinidade de conteúdos pedagógicos estão disponíveis na internet para complementar o calendário escolar.

Foto: Kano/Divulgação

E-books e museus

Também não faltam e-books gratuitos para todas as idades (acesse: amazon.com). E quem disse que não é possível viajar em família sem sair de casa? A ideia é tão bacana que, de quebra, garante educação de qualidade. O portal da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo disponibilizou links de vários museus para zanzar no modo “avatar”, a exemplo do Louvre, em Paris; do Nacional de História Natural, em Nova York; do Holocausto, em Jerusalém; e do Oscar Niemeyer, em Curitiba.

QDivertido

Para os mais novinhos, os sites de entretenimento são excelentes pedidas. O QDivertido está recheado de crônicas infantis, folclores, charadas e brincadeiras.

Turma da Mônica

Quem cresceu acompanhado da Mônica, do Cebolinha, do Cascão e da Magali tem a oportunidade de trazê-los para o dia a dia e ainda participar de uma videoconferência. Curtiu? Então baixe o aplicativo Banca da Mônica, e aproveite os 180 gibis com as histórias da turma mais querida do Brasil.

Por fim, invista em qualidade de vida! Se as regras estipuladas e as atividades programadas forem cumpridas, o respeito pelo espaço do outro será mantido.

Contudo, vale ressaltar que a casa não é um quartel-general, e que a programação familiar diária, vez ou outra, pode ser modificada e adaptada. Ah, e não se esqueça de fazer muitas chamadas de vídeo com os familiares mais idosos, que podem estar se sentindo sozinhos e mais fragilizados.

Tenha certeza de que esse gesto de carinho vai servir como um abraço. Sorria, pratique a empatia e seja paciente. Quando tudo isso acabar, estaremos mais juntos do que nunca!

#fiqueemcasa

House Party
Reúna os familiares ou os amigos para uma festinha virtual.

Papumba
Conteúdo dedicado à turma entre dois e seis anos.

Youtube Kids
A plataforma tem vídeos educativos, música e atividades free.

Contação de Histórias
@maequele, @carollevy, @fafaconta e @marinabastoshistorias