Foto: divulgação
Foto: divulgação

por Caio Zalc

Foram necessários três meses de montagem para garantir uma cidade – sim, uma cidade (!) – no meio de um deserto, no Oriente Médio, para o casamento de um casal e seus 4 mil convidados. Visivelmente, nenhum desafio é um empecilho para Preston Bailey, um dos maiores designers de casamento do mundo. Autor de sete best-sellers, ele planejou a troca de alianças de Oprah Winfrey, Uma Thurman, Donna Karan, Catherine Zeta-Jones, entre outros nomes de peso. Em breve passagem pelo Brasil em março, a convite da Aos Cuidados e do hotel Tivoli São Paulo – Mofarrej, o rei dos eventos dividiu com Bazaar Noiva a sua história, o segredo de seu sucesso e o que está em alta para aplicar nos casamentos, já!

Antes de cair no backstage do grande dia dos casais, o panamenho, radicado nos Estados Unidos, Preston Bailey trabalhava com modelo. Numa entressafra de trabalhos, seu amigo Vincente Wolf o convidou para ajudá-lo com os arranjos de flores de um evento que estava planejando. De lá para cá, podemos contabilizar milhões de flores na forma de décor e buquês. “Eu trabalho com eventos há 36 anos. Já fiz centenas, talvez milhares de casamentos”, conta. Parece muito, mas não é. Afinal, Preston cuida exclusivamente de dois casamentos por mês. “Gosto de dar a assessoria necessária para os casais que me contratam.” A primeira reunião com a noiva sempre acontece na residência dela, para que ele tire as primeiras conclusões sobre o gosto pessoal da futura garota de branco.

Onde está localizada essa casa não é um problema, já que Preston tem escritórios em Nova York, no leste asiático e no Oriente Médio. O first date dele com sua mais nova cliente é o portal de entrada para a magia. “A melhor parte do meu trabalho é transformar o sonho de uma pessoa em realidade”, conta. Para tanto, ele cria três projetos para ela escolher o seu preferido. “Normalmente elas gostam de todos, e já aconteceu de uma noiva pedir uma mistura dos três ou até requisitar um novo estudo.”

Preston não gosta de falar de tendências. Aliás, ele até foge das mídias sociais para não se deixar abalar pelo mais novo “it” nomeado em 144 caracteres e que será considerado obsoleto no dia seguinte. “Na minha opinião, todo casamento é único. E quando uma noiva me encontra, está procurando por algo completamente diferente, e não o que está na moda”, garante. Mesmo assim, ele deixa escapar que os tons amarelados têm sido protagonistas dos últimos casamentos. E também que as pessoas têm optado por decorações mais aconchegantes e recheadas, diferentemente de uns anos para cá, quando armações contemporâneas, frias e minimalistas estavam na crista da onda.

Certa vez, um casal o contratou para um casamento completamente fora da caixa. “Eles alugaram um avião para levar 60 convidados para o Caribe sob o pretexto de que iriam dar uma festa. O que ninguém esperava era que a celebração aconteceria durante o voo. Quando o avião pousou, eles já estavam casados e restava o final de semana todo para comemorar com os convidados”, conta. Mas essa é só mais uma história divertida no meio de tantas celebrações que estão no portfólio do designer – cinco delas, pasme!, para uma mesma noiva. Ele já foi até responsável pelo casamento de uma brasileira, da família Safra, que se casou em Nova York. “Vocês brasileiros sabem como festejar – enquanto um casamento nova-iorquino termina em torno das 2 da manhã, o de vocês, neste horário, só está começando”, ri.