Foto: Reprodução/Instagram/@schiaparelli

Desde que assumiu a direção criativa da Maison Schiaparelli, Daniel Roseberry tem dado o que falar por seguir o legado surrealista de Elsa Schiaparelli. A fundadora da grife era amiga de grandes nomes do movimento artístico que surgiu em 1920 e protagonizou, ao lado de Salvador Dalí, uma das primeiras colaborações entre moda e arte que resultou em peças icônicas, como o vestido “Lagosta”. Hoje, o desfile da marca é um dos mais aguardados da temporada de moda francesa.

E como se isso não fosse o suficiente, talvez você tenha sido impactado pelo vídeo feito por Elizabeth Fox Roseberry (@foxcraftcustom no TikTok), em que ela começa contando que não é rica ou famosa, mas seu irmão é nada mais, nada menos que o diretor criativo da Schiaparelli. O vídeo que ela finalmente mostra o resultado do vestido viralizou e soma mais de 1.3 milhão de visualizações na “rede vizinha”.

Mas vamos ao modelo: sem alças, exclusivo e feito à mão, ele possui bordados ao redor do decote, nas laterais – uma sutil referência ao vestido “Esqueleto”, criado por Elsa em 1938 – e na frente, enquanto as costas têm amarrações, como um corset.

A saia volumosa, com duas camadas, é removível e transformou o vestido longo em um mídi, permitindo que a noiva pudesse aproveitar a festa ao máximo.

Foto: Reprodução/Instagram/@schiaparelli

Os brincos assimétricos, de tamanhos e cores diferentes, um par de óculos dourados com motivos florais e o clássico sapato de Roseberry para a maison, com dedos metálicos, finalizaram o look e ajudaram na construção da imagem da noiva Schiaparelli. Veja todos os detalhes na galeria abaixo: