Pó de Arroz faz vestidos para noivas com personalidade

Veja a nova coleção da grife das estilistas Penha Maia e Mariana Fernandes

by Carol Hungria
Foto: Leo Fagherazzi, com beleza Ziel Moura e styling de Rodrigo Yaegashi

Foto: Leo Fagherazzi, com beleza Ziel Moura e styling de Rodrigo Yaegashi

O vestido é, sem dúvida, o ponto alto de qualquer cerimônia. E para que ele seja absolutamente impecável, as noivas empenham tempo e paciência em muitas visitas ao ateliê ou lojas para os possíveis ajustes. Sobe a barra, aumenta o decote, acrescenta um laço, diminui a cintura, costura alguns brilhos e por aí vai. Parece que cada modelo leva uma eternidade para finalmente estrear no altar.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Foto: Leo Fagherazzi, com beleza Ziel Moura e styling de Rodrigo Yaegashi

Foto: Leo Fagherazzi, com beleza Ziel Moura e styling de Rodrigo Yaegashi

Essa sabedoria – e entendimento – faz parte do cotidiano da marca Pó de Arroz, que há uma década transforma croquis em realidade. Foi em abril de 2009, que as designers recém-formadas Penha Maia e Mariana Fernandes resolveram dar contornos à tag. A ideia de inaugurar o ateliê de moda era garantir a construção de um espaço único para reunir as criações autorais da dupla, que levam em conta um dos momentos mais importantes na vida do casal. A brand logo se consolidou e se tornou endereço seguro para quem busca um vestido cheio de estilo e de significados.

Foto: Leo Fagherazzi, com beleza Ziel Moura e styling de Rodrigo Yaegashi

Foto: Leo Fagherazzi, com beleza Ziel Moura e styling de Rodrigo Yaegashi

Na história que compõe o enredo da Pó de Arroz, lá se vão mais de 20 coleções recheadas de bossa, delicadeza e detalhes impecáveis, sem deixar de lado a essência forte e vibrante de cada mulher. Entre tantos moodboards, vale lembrar aqueles que usaram referências sacadas da arquitetura do centro paulistano, da arte de Edgar Degas, do free style parisiense e até do amor de carnaval da Colombina e do Pierrot.

Foto: Leo Fagherazzi, com beleza Ziel Moura e styling de Rodrigo Yaegashi

Foto: Leo Fagherazzi, com beleza Ziel Moura e styling de Rodrigo Yaegashi

Desde 2016, a empresa também circula à vontade pelos segmentos de daminhas de honra – com séries superfofas -, acessórios, sapatos e linha festa. O toque retrô faz parte da DNA da grife, mas os recortes e os acabamentos seguem pelas tendências das passarelas internacionais.

Na mais recente empreitada, o duo se enveredou pelos sertões brasilianos, os mesmos narrados por Guimarães Rosa, para idealizar as 40 peças da coletânea. As novidades apontam para fendas e mangas bufantes que fazem dobradinha com a fauna e a flora sertanejas.

Foto: Leo Fagherazzi, com beleza Ziel Moura e styling de Rodrigo Yaegashi

Foto: Leo Fagherazzi, com beleza Ziel Moura e styling de Rodrigo Yaegashi

A literatura de cordel aparece em xilogravuras idealizadas por J. Borges, e os coloridos – terracota, azul-céu e off-white – dão up aos looks. Como dizia o escritor Guimarães Rosa, “O sertão está em toda parte. (…) O sertão é do tamanho do mundo”. Alguém duvida?

Leia mais:
13 vestidos de noiva que fizeram história nas passarelas 
Noivas de calças: os melhores looks de Paris
Oito vestidos de renda para eventos pré-casamento