Kylie Jenner - Foto: GettyImages
Kylie Jenner – Foto: GettyImages

A sobrancelha conquistou espaço cativo no universo da beleza. E um dos tratamentos estéticos para essa área mais procurados nos salões e clínicas é a micropigmentação.

Convidamos a esteticista do Studio Pour Vous, Silvana Farias, para tirar algumas dúvidas sobre a micropigmentação de sobrancelha. Confira!

 

1-   Qual a diferença entre micropigmentação e microblanding?

A micropigmentação é feita apenas na primeira camada da pele (epiderme), com um aparelho chamado dermógrafo e se assemelha ao aparelho usado para fazer tatuagem. Já a microblanding utiliza a técnica do tebori, uma espécie de caneta parecida com um bisturi, que possui microlâminas de tamanhos diferentes.

 

2-  Quais são os tipos de técnica?

Fio a fio e ombré, ambas podem ser feitas com micropigmentação e microblanding. Na fio a fio são desenhados micro fios, um a um, seguindo o formato e caimento dos pêlos naturais, deixando praticamente imperceptível e natural o trabalho. A técnica ombré, também conhecida como esfumada ou shadow, consiste em pigmentar com efeito sombreado, em degradê. É mais indicada para pessoas que tem muitas falhas na sobrancelha – pouco pêlo -, porque auxilia no preenchimento. Escurecemos com sombreamento o arco, onde tem menos pelos e deixamos o início com sombreamento mais claro.

 

3-  Quanto tempo dura?

Por atingirem apenas a camada mais externa da pele, tanto a micropigmentação quanto a microblanding tem um tempo de duração, não são permanentes como uma tatuagem. E média, a micropigmentação dura certa de 2 anos e a microblanding, de 6 a 8 meses, dependendo de cada tipo de pele e cuidados.

 

4-  É possível simular o resultado final antes de fazer a micropigmentação?

Sim, chamamos esse processo de Avaliação 100%. É feita a simulação do procedimento desenhando os fios com lápis dermatográfico para que a cliente veja o resultado.

 

5 – Há algum dano para a pele?

Não, desde que o procedimento seja executado por um profissional competente e que entenda de visagismo. Do contrário pode causar queloide, resultar em cores indesejadas como azul, verde ou vermelho. Quanto ao procedimento em si, não há problemas porque os pigmentos são todos hipoalergênicos e o material deve ser descartável.

 

6- Existe tom exato para todos os tipos de pele/sobrancelha?

Sim, existem muitas variações de tons de castanhos para o procedimento em sobrancelhas. Para acertar, é avaliado o fototipo da cliente, cor da pele, cabelo e dos próprios pelos. Cada cliente tem sua cor própria de pigmento.

 

7 –   Se o resultado não for satisfatório, é possível tirar? Qual o procedimento?

Sim, mas o processo de retirada do pigmento pode levar meses. O mais indicado é feito através de aplicação de laser específico.

 

8 –  Pode pegar sol?

Depois de 15 dias sim, com proteção. Muita gente esquece das sobrancelhas ao passar protetor solar no rosto.

 

9 –  Pode doar sangue depois de passar pelo procedimento?

Sim, vida normal depois de 15 dias.

 

10 – Em pele muito oleosa o pigmento pode não fixar?

Em peles oleosas a durabilidade é menor. A oleosidade dificulta a fixação e tende a expulsar com mais facilidade o pigmento, geralmente peles oleosas precisam de mais retoque.

 

11 – Em peles negras, o resultado é o mesmo?

Em peles negras o resultado é diferente, os fios expandem, por isso não é recomendada a técnica fio a fio. Peles negras devem fazer a técnica compacta.

 

12 –  E em caso de pessoas alérgicas, existe algum teste para verificar?

Em caso de pessoas alérgicas, grávidas, diabéticas, em tratamento médico ou psicológico, o médico deve ser consultado para autorizar o procedimento.

 

13 –  Para pessoas que tem a sobrancelha grossa, mas falhada, é indicada a micropigmentação?

A micropigmentação é indicada para todas as pessoas que desejam sobrancelhas bem desenhadas e para rejuvenescimento facial. É indicada para todas as pessoas. Sejam por pequenas falhas ou até mesmo ausência total de pelos (alopécia). Mas, o espaço entre os fios, deve ser respeitado para um efeito natural. Se forem feitos muito juntos, pode dar a impressão de borrado. Por isso, nem sempre os espaços vazios são preenchidos completamente. Cabe ao profissional avaliar de acordo com o próprio desenho da sobrancelha.

 

14 – Preciso deixar a sobrancelha crescer antes de fazer?

Não muito. O ideal é que dê para ver apenas onde começa e onde termina o desenho da sobrancelha.

 

15 – Devo evitar procedimentos estéticos no período de cicatrização?

Sim, e principalmente não usar ácidos. Peelings químicos também podem danificar o trabalho. É bom manter a pele sempre hidratada para a cor mais viva. E não esqueça de voltar para o retoque no prazo estabelecido pelo profissional.