Foto: reprodução
Foto: reprodução

Mito: detox faz você perder peso
Fato: a maioria de nós faz detox achando que assim não precisará fazer outros regimes ultra-rigorosos durante toda a vida, e com razão! Mas este pensamento pode te levar ao fracasso. Por quê? Se você aderir ao método de cabeça e perder algum peso, e, em seguida, mergulhar em um pote de Ben & Jerry vai jogar tudo por água abaixo. É mais proveitoso fazer pequenas, mas impactantes, mudanças em sua dieta diária do que se abastecer de líquido e mal comer, ou comer mal, por uma semana.

Foto: reprodução
Foto: reprodução

Mito: você tem que cortar “X” (insira aqui algum item) para perder peso
Fato: glúten, açúcar, leite, carboidrato, carne… Você escolhe o produto, e alguém sugere que você corte de sua dieta. Eliminar certos nutrientes ou grupos de alimentos pode até te ajudar a perder peso no inicio, mas isso em grande parte é por causa da mudança de comportamento. Cortar grupos de alimentos, a longo prazo, pode te levar a ganhar peso novamente. A maioria das alternativas sem glúten ou sem lactose são carregadas de calorias adicionais ou têm ingredientes impronunciáveis – por isso o alimento real pode ser mais saudável! A menos que haja uma necessidade médica para você evitar algo, pule essa estratégia.

6-mitos-de-dieta-que-voce-deve-parar-de-ouvir5
Foto: reprodução

Mito: lojas de alimentos saudáveis são melhores para você
Fato: não importa onde você compra seus alimentos, você sempre tem que ler os rótulos. Embora alguns aleguem ser de origem orgânica, isso ainda não tem relação com o número de calorias que você está consumindo quando está de dieta.

Foto: reprodução
Foto: reprodução

Mito: gordura saudável pode ajudar a perder peso
Fato: primeiro, a verdade é que uma dieta sem gordura pode fazer você ganhar peso, já que você raramente se sentirá satisfeito, então acabará aumentando a ingestão de alimentos processados e açucarados. Mas, por outro lado, ingerir ingredientes como óleo de coco, azeite de oliva, nozes e abacate é saudável em um ponto específico: sim, esses são os melhores tipos de gordura – mas isso não significa que não deva haver um limite para o quando você as consome. A gordura tem nove calorias por grama, enquanto proteínas e carboidratos tem quatro calorias por grama.

Foto: reprodução
Foto: reprodução

Mito: todo mundo precisa trapacear um dia
Fato: sim e não. Esta estratégia é extremamente eficaz para alguns – mas não para todos! O famoso “dia do lixo”, se feito errado, pode inviabilizar todos os esforços da dieta e exercícios que você fez ao longo da semana. O outro perigo? Pode ser difícil voltar à rotina no dia seguinte – você pode se sentir muito cheio para fazer ginástica. Em vez disso, escolha uma refeição trapaceira, lanche ou sobremesa (algo que você não tem necessariamente todos os dias) e saboreie cada mordida.

Foto: reprodução
Foto: reprodução

Mito: você não tem que fazer exercícios se estiver em uma dieta rigorosa
Fato: é verdade que, quando se trata de perder peso, seus hábitos alimentares são mais importantes que seu treino. Mas isso não significa que você possa ignorar a academia e passar seus dias em uma maratona de seu seriado favorito. Ficar em forma é uma parte importante de cortar doenças crônicas, como diabetes, e doenças cardíacas. Mesmo que tenha atingido o seu peso ideal, você ainda precisa incorporar a atividade física regular em sua vida. Felizmente, não é preciso muito. Um estudo recente descobriu que aqueles que se exercitam 30 minutos ou mais por dia foram mais bem sucedidos em perder e manter peso do que quem não faz nada.

Foto: reprodução
Foto: reprodução

Mito: certos alimentos podem acelerar seu metabolismo
Fato: sim, algumas pesquisas têm demonstrado que certas especiarias – especificamente alimentos “quentes” – podem apresentar um benefício para seu metabolismo. Da mesma forma, algumas bebidas, como chá verde, também pode lhe dar um impulso. Mas se você odeia alimentos picantes ou prefere beber gasolina do que trocar seu cafézinho diário por chá, não faça. A pesquisa atual ainda não sugeriu uma mudança bastante significativa que afete tanto assim a taxa metabólica do seu corpo. Portanto, se você não ama esses alimentos, não vale a pena consumi-los.