Senait Gidey para Harper's Bazaar
Senait Gidey para Harper’s Bazaar

 

1 –  Segundo a maquiadora Daniella Vaz, do Jacques Janine Fashion Mall (RJ), a dica para a base é testar sempre na própria pele e nunca comprar na sorte.Deve haver cuidado para que o rosto não fique com a cor acinzentada. Para isso, fuja de bases com fundos rosados e prefira as em tons quentes, que deixa o rosto mais dourado”, afirma.

 

2 –  Para a pele negra, os corretivos coloridos podem mudar de função. A dica é apostar nos corretivos verdes para corrigir cicatrizes de acne avermelhadas. Já o corretivo amarelado é ideal para a olheira arroxeada, e o lilás para cobrir manchinhas amarelas ou marrons.

 

3 – O pó compacto deve ser usado com moderação, tirando sempre o excesso, para não ficar com efeito esbranquiçado no rosto, principalmente com o flash de fotos”, afirma.

 

4 – A etapa do iluminador não difere das makes em outros tipos de pele. “Opte pelo iluminador dourado e use nas têmporas, canto interno dos olhos, na ponte do nariz e abaixo da curvatura das sobrancelhas”, ensina Daniella.

 

5 –  As sombras são uns dos pontos mais importantes a se falar. A pele negra combina com sombras em tons dourados, vinho, lilás, roxo, azul e vinho, caso a mulher queira uma maquiagem mais elaborada”, indica. Caso opte por uma make mais simples, as sombras nude e marrom são melhores escolhas, sem brilho.

 

6 –  Nas bochechas, cuidado para não escolher um blush que fique apagado. O truque é escolher um terracota ou marrom com brilhos dourados.