Por Gabriel Weil

Para a Coven, Robert Estevão imaginou uma mulher produzida pelos elementos naturais. Embora a beleza do desfile siga a tendência da semana, ou seja, pouco além da correção de pele, a mulher Coven tem o semblante marcado por condições climáticas.

Leila Turgante, porta voz da beleza do desfile, explica: “A inspiração é a Guatemala. Ela (a mulher Coven) está queimada de sol e suada.”

A maquiagem é uma cor de “queimado”, resultado da mistura de três tons entre marrons e vermelhos que colore o nariz, a maçã e as têmporas, como faria o sol. O rímel é borrado, como consequência de um suor imaginado. Leila conta que o efeito queimado foi obtido com batons Duda Molinos.

O cabelo é um coque do it yourself, do tipo que se faz para aliviar o calor. As raízes têm um aspecto molhado e uma franja solta recebe uma borrifada de água que intensifica o efeito “suada”. Um inverno quente, sem dúvida.

Foto: Lucas Landau