Inspirados nos aparelhos profissionais, dispositivos hi-tech prometem deixar a rotina de beleza mais eficiente em casa. Confira dois produtos que combatem as espinhas:

Foto: Divulgação

O Zeno Hot Spot (US$ 40, 80 aplicações), na imagem acima, é um dispositivo portátil que combate as bactérias causadoras de espinhas. Um computador embutido controla o calor na ponta metálica, responsável por destruir as bactérias. Ele se adapta à temperatura da sua pele e promete não causar queimaduras. É só deixar a extremidade em contato com a espinha durante dois minutos e meio para que o ponto inflamado diminua 24 horas depois.

Opinião dos experts: obedeça as limitações impostas pelo fabricante. Mais sessões não significa que a espinha desaparecerá mais rápido. “E tudo o que esquenta pode resultar em queimaduras graves”, alerta a dermatologista Carla Vidal.

Foto: Divulgação

Já o gadget Adcos Acne Light (R$ 790), na imagem acima, é um aparelho com led emissor de luz azul de alta potência. A radiação – 1/3 da usada profissionalmente por dermatologistas – oxida e promove a autodestruição das bactérias causadoras de acne. “O aparelho também reduz a secreção sebácea e ajuda na cicatrização dos pontos inflamados”, afirma a farmacêutica Bianca Huber, da Adcos. Ele deve ser aplicado durante 2 minutos e meio, duas a três vezes ao dia.

Opinião dos experts: o aparelho deve ser usado por quem tem acne 2, ou seja, lesões inflamadas.

Assine a Harper’s Bazaar