Foto: Harper's Bazaar Rússia
Foto: Harper’s Bazaar Rússia

A tecnologia aliada à estética vem possibilitando cada vez mais a evolução de tratamentos para o rejuvenescimento facial. Uma das maiores novidades do segmento é o FDM Codes, um tratamento de rejuvenescimento facial, que diferente do já conhecido MD Codes, usa uma técnica de harmonização facial através do preenchimento em pontos específicos do rosto, avaliados através de um exame de cefalometria ou da percepção do profissional de estética quanto ao local onde deve ser reposto o colágeno na face.

biomédica esteta Monica Batista, que atende na Barra da Tijuca, no Rio, foi até São Paulo para se especializar nessa nova técnica. “Diferente da técnica MD Codes, onde as aplicações são feitas em pontos iguais em todos os pacientes, o FDM Codes é um tratamento no qual conseguimos harmonizar a face, prezando pelas características pessoais de cada um, aplicando ácido hialurônico em pontos específicos de cada rosto. É indicado para pessoas a partir dos 30 anos, já que com essa faixa etária começa a perda de colágeno na face, o principal fator do surgimento das marcas de expressão”, explica a biomédica esteta.

Jennifer Aniston para Harper's Bazaar
Jennifer Aniston para Harper’s Bazaar

Após um exame específico, é possível mostrar ao paciente qual será o resultado, já que é feita uma avaliação para reconhecer as deformidades pela falta de colágeno na pele. “Assim, mostramos o que será preenchido com o ácido hialurônico, que é uma molécula presente no organismo, responsável por atrair e reter a água ao seu redor, dando mais firmeza e redobrando a hidratação da pele, indicado para os sinais iniciais de envelhecimento”, pontua.

Os benefícios do FDM Codes são inúmeros, segundo Monica Batista. O procedimento ajuda a estimular a produção de colágeno, deixando a pele com mais viço e mostrando um efeito rejuvenescedor. “São segredinhos de beleza simples, mas que podem ajudar a melhorar a pele facial e ter uma aparência mais nova. Esse procedimento é quase uma plástica sem cirurgia e tem efeito prolongado”, ressalta a especialista.

 

Como é feito?

As aplicações são feitas nas partes determinadas do rosto. Geralmente, o resultado é avaliado após 15 dias da aplicação. O rosto pode ficar inchado, então é recomendado evitar exposição ao sol.  A quantidade de sessões varia de acordo com acordo com o grau de envelhecimento da pele após análise dermatoscópio.

 

Serviço:

Dra Monica Batista Biomédica Esteta

Av. Américas 3.500 – bl 4 – Sala 437 Barra da Tijuca Rio de Janeiro – RJ

Tel.: (21) 21 2431-2766/ (21)2527-1744

Redes Sociais: @dra.monicabatista