Busca Home Bazaar Brasil

Cuidado com o contorno: maquiagem não é para ter cada de Photoshop

Ilde Gonçalves, maquiador internacional da Sephora, revela os erros para evitar na hora de se maquiar

by Thaïs Mello
Foto: Reprodução/ Harper's Bazaar Turquia

Foto: Reprodução/ Harper’s Bazaar Turquia

Ilde Gonçalves, maquiador internacional da Sephora, esteve no Brasil para o evento “The Sound of Beauty”, no Shopping Eldorado, em São Paulo. A Bazaar conversou com ele para saber tudo sobre erros, acertos e tendências de make.

Quais são os principais erros na hora de se maquiar?
Não esfumar é a pior coisa! O ideal é que a maquiagem não tenha traços muito marcados, mas que as linhas de blush e bronzer, por exemplo, sejam suaves e se misturem. Outro erro é fazer o make na pressa: é importante separar uns 40 minutos para que o resultado seja bom. Se maquiar deve ser um ritual leve e gostoso… A mulher deve curtir esse momento, ouvir uma música, entrar no clima mesmo.

Preparar a pele é muito importante para receber o make. Que dicas você daria para essa preparação?
É importante limpar bem a pele, esfoliar, remover as células mortas… A maquiagem fica muito melhor! Analise qual é o tipo da pele a ser maquiada também: uma pele oleosa exige cuidados e produtos diferentes de uma pele seca.

A maquiagem de contorno virou tendência mundial, principalmente por causa do fenômeno Kardashian. O que você acha do contorno?
Acho que o contorno pode ficar bom, sim, mas precisa ser natural. A maquiagem não é para ter cara de Photoshop, pelo contrário: quanto mais leve, melhor fica. Um erro que as pessoas cometem muito é não ter diferentes tipos de base, por exemplo. Assim como temos roupas para diferentes ocasiões, o mesmo deve ser feito com as bases: uma mais leve para o dia a dia, outra de cobertura média para eventos à noite… Não gosto muito de bases de cobertura máxima. Como eu falei, a maquiagem não é para esconder o rosto, mas realçar a beleza da mulher. Uma dica é aplicar o make aos poucos, em algumas camadas, até descobrir o efeito ideal. As esponjinhas (blenders) são ótimas, porque, umedecidas, ajudam a hidratar a pele e garantem um efeito mais suave, além de facilitar muito a aplicação!

Foto: Arquivo Bazaar

Foto: Arquivo Bazaar

Quais são as principais diferenças entre brasileiras, americanas e europeias, em termos de make?
O Brasil se aproxima um pouco da estética dos EUA, já que eles têm uma comunidade latina muito forte, também. A própria escala de cores é bem mais ampla no mercado norte-americano. Na Europa, tons frios e rosados prevalecem, então é difícil a mulher brasileira achar tons ideais para sua pele, mais quente e de fundo amarelo. Mulheres latinas gostam muito de cor: batons e sombras coloridos; a mulher francesa, por exemplo, não gosta muito de maquiagem pesada. As francesas gostam de um delineado simples, uma pele sem muita cobertura, tudo mais minimal… No máximo, um batom vermelho.

Quais são as principais tendências que você tem observado?
Delineador colorido, principalmente branco, verde e azul, com um traço puxado. Em termos de batom, o que está mudando é a textura. Gloss e efeito metalizado estão vindo com tudo! Aliás, o gloss vai ser usado também nos olhos, fazendo um efeito fresh. A tendência, agora, é um make meio borrado, mais natural.

O batom matte está com os dias contados, então?
Acho que as mulheres continuarão usando no dia a dia, afinal, é um batom prático, de boa duração e fixa melhor. Mas o gloss está com muita força, nessa onda 90′s que observamos na moda, também. As mulheres que gostam de moda e seguem tendências se arriscarão um pouco mais.

Fotos: Divulgação

Fotos: Divulgação

1. Delineador Clinique Quickliner for Eyes, R$ 66, 90
2. Gloss Dior Addict, R$ 149, 00
3. Batons metálicos NYX, preço sob consulta
4. Esponjinha Beauty Blender, R$ 63, 86

Leia mais:
Batom vermelho ou pink? Sim, as noivas podem usar!
Barbara Fialho ensina as (muitas!) utilidades do óleo de coco
Três anos a menos com a ioga facial