Kinder Aggugini, inverno 2012 - Foto: Agência Fotosite

Os olhos de toda mulher sempre reluzem diante de algo cheio de purpurina. Comigo, pelo menos, é assim. Basta vestir um par de sandálias Miu Miu ou ankle boots Margiela para entrar, rapidamente, em um conto de fadas.

De qualquer forma, usar glitter na maquiagem não fazia mais parte da minha vida desde um remoto carnaval adolescente, quando uma das minhas amigas deixou meu corpo (e o quarto) brilhando com um spray de purpurina prateada.

Samuel Cirnansck, inverno 2013 - Foto: Agência Fotosite

Na última edição do SPFW, de inverno, vi Celso Kamura aplicando uma camada generosa de glitter dourado nos lábios das meninas que desfilaram para Samuel Cirnansck e, em um impulso quase infantil, coloquei os dedos nos potinhos brilhantes espalhados pela bancada. Na hora, me dei conta de que tenho uma coleção considerável de pigmentos da Make Up Forever e M.A.C e resolvi tirar todo mundo do armário.

Na vida real, a forma mais fácil de usar é nas pálpebras. Uma paleta de cores próxima aos tons da pele, com nuances douradas ou que se aproximam do preto, também garante que o resultado não fique teen. A ideia pode ser criar um look rocker, mais glamoroso, ou minimal-com-brilho, mais discreto.

Just Cavalli, inverno 2012 - Foto: Agência Fotosite

E, para segurar as partículas de brilho no lugar, tenha à mão um bom primer para os olhos. Recentemente, usei a dupla primer + glitter para maquiar um amigo que precisava de um up para uma festa à fantasia. Lembrei-me que fiquei vidrada na imagem de Kate Moss chegando em sua festa de aniversário de 34 anos com uma estrela dourada pintada ao redor dos olhos, preparada pela maquiadora Charlotte Tilbury. Reproduzi o desenho e garanto que ele durou a noite toda.

Outra coleção – que uso com muito mais frequência – é a de sombras Illusion d’Ombre, da Chanel. Elas são cremosas, muito pigmentadas e brilhantes. Minha favorita é a preta Mirifique e seu rastro prateado (que não cai pelo rosto durante a aplicação). Outra boa opção é a linha Eyes to Kill, de Giorgio Armani: as sombras são em pó, mas parecem virar um creme em contato com a pele.

Dsquared2, verão 2012 - Foto: Agência Fotosite

Aplico uma camada brilhante por cima de qualquer sombra ou diretamente na pálpebra, alternativa para noites casuais, mas que exigem uma bela produção. Essa foi, inclusive, minha receita para a festa de aniversário de 1 ano da Bazaar, em novembro passado. Vesti um conjunto Vitorino Campos nude. Preparei um make totalmente focado nos cílios postiços exagerados, e nada de cor no resto do rosto – só muito brilho dourado nos olhos, como pedia a ocasião.

Minhas mais novas paixões são os delineadores com purpurina, como os novos da Urban Decay, que aplico por cima do tradicional traço preto. Quem ainda acha too much pode fazer uma linha simples com lápis na raiz dos cílios inferiores. Meus favoritos são os da Nars.

Para arrematar, não tem nada mais encantador do que os shimmer sprays para o corpo. Givenchy, Guerlain e L’Occitane têm edições limitadas de frascos retrô com fragrâncias deliciosas, brilho discreto e sofisticado.