Foto: Arquivo Harper's Bazaar
Foto: Arquivo Harper’s Bazaar

Se você é da turma de noivas que sonha em perder três ou quatro quilinhos antes de subir ao altar para garantir aquela silhueta perfeita no vestido, então continue lendo esta reportagem. Eu não vou me casar, mas, como sou a “rainha” das noivas na Bazaar digital e publico quase todas as reportagens que você lê diariamente em nosso site, fui investigar uma forma de ajudar as minhas queridas seguidoras que tanto amam o nosso título.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Deparei-me então com o método Pronokal, que ficou conhecido aqui no Brasil como “a dieta do pó”, e resolvi encarar o desafio. Trata-se de um tratamento que tem como objetivo promover a perda de peso de forma rápida com base na cetose – quando o corpo, por falta de entrada de energia direta proveniente do carboidrato ou do açúcar, começa a queimar a gordura estocada.

O primeiro passo é procurar um endocrinologista credenciado pelo método e fazer uma série de exames de sangue para detectar qualquer problema de saúde; nem todo mundo pode encarar a Pronokal. Minha médica é Siomara Helena Tauil e perguntei a ela sobre usar a dieta para perder pouco peso. “Já tive muitas pacientes assim e é uma ótima solução. A noiva só precisa saber que ela tem de enfrentar a dieta pelo menos três meses antes do casamento, para que ela possa sair da cetose antes da cerimônia e, assim, curtir a festa comendo e bebendo com seus convidados e familiares”, alerta.

Portanto, brides-to-be, provem logo todos os docinhos e as comidas do bufê para poder se jogar nos saquinhos de pó. E é literalmente isso: durante as semanas da dieta, os saquinhos de pó vão te acompanhar onde você estiver. Nessa dieta, você pode escolher suas refeições de um amplo cardápio de doces e de salgados.

No menu, minhas comidinhas preferidas são os omeletes, a panqueca, os bolinhos de chocolate e maçã, as bebidas de coco e cappuccino e as sobremesas de chocolate e de pera e stracciatella. Tenha em mente que, durante a dieta, você vai ter que cozinhar. Comece as refeições comendo muita salada com os alimentos liberados, e só depois vá para o prato quente.

Nunca faço o conteúdo do envelope apenas com água, como nas instruções. Sempre incremento com algo permitido, como os temperinhos desidratados, aos montes, tomatinho picado e champignons. A ordem aqui é inventar, sem preguiça, para não enjoar.

Comecei minha dieta em uma quinta-feira, pesando 64 quilos e, dez dias depois, subi na balança e já estava com 60,9 quilos – estou quase no meu objetivo, que é chegar aos 60 kg.

Mas que fique claro: não saí da dieta nem por um segundo! Só comi coisas permitidas e não bebi nem uma gotinha de álcool. Também é preciso tomar religiosamente uma série de suplementos vitamínicos para evitar a deficiência de micronutrientes como magnésio, cálcio e ferro, lembrando que a dieta é hipocalórica, com cerca de 800 calorias por dia.

Nos primeiros dias, confesso que fiquei um pouco enjoada, mas não desista! Logo o corpo acostuma. Ingira as cápsulas com muita água para que a digestão fique mais leve.

O regime é dividido em seis fases e, por ora, estou enfrentando a primeira – com bastante sucesso, pelo menos segundo a minha balança. Se o seu objetivo é mesmo perder os quilinhos extras, recomendo eleger esse método. Apesar de ter de cozinhar, ela é fácil de seguir e os resultados são realmente rápidos. E, o mais importante, seguro para a saúde, já que cada passo é acompanhado também por um time de nutricionistas de plantão da própria Pronokal, que estão ao alcance de um telefonema.

Leia mais:
Encaixe o exercício físico na sua rotina agitada
Individualidade é palavra-chave das dietas de 2019
Dieta plant based é saudável para o corpo e meio ambiente