Foto: Pixabay

Por Karen Couto

A melhor receita contra o vírus (e qualquer outra doença) é a felicidade e a alegria. Diga NÃO ao estresse e ao medo.

A situação é imprevisível, delicada e para alguns de tensão e muitas perdas. Mas, também, um momento de menos gastos e propício para reorganizar as prioridades e as finanças.

Os alimentos são os melhores aliados para a sua disposição, descanso de qualidade e serenidade.

Segue uma listinha bem básica:

Salada de pepino, aspargos, abacate e molho de amêndoas, aipo (experimente com maçã verde e umas folhas de hortelã batidos com água de coco – diurético e deliciosamente calmante e digestivo), sopinha de arroz integral cateto com folhas verde-escuras, gergelim e algas nori, bananas batidas com tâmaras e um pouquinho de aveia hidratada com uma pitada de canela. Bananas batidas com frutas vermelhas e leite vegetal, hummmm, água na boca só de escrever as sugestões!

Missô

Carbos à noite ajudam na qualidade do sono. Prefira os de índice glicêmico relativamente baixos ou consuma com fibra ou gordura para não dar pico de açúcar no sangue. Exemplo: uma super simples sopa de missô com massinha de arroz, cenouras e repolhos em tiras finas e cebolinha com salsinha “a dar com o pau”. Ou, ainda, uma massinha com molho pesto (sem queijo, use nutricional yeast para substituir – opcional) ou molho branco feito de castanhas ou sementes de girassol.

Disposição do sistema digestivo

Crackers sem glúten com queijos veganos ou cenouras finamente cortadas, com repolho e pastinhas variadas em “tacos” de alface. Sopa de legumes, sem amido, com folhas verde-escuras, sempre regados com um fio de azeite de qualidade ou manteiga ghee, que contribuem para a disposição do seu sistema digestivo. Simplicidade é a mais nova sofisticação na cozinha.

Aliás, vamos pensar numa hortinha caseira? O que vocês acham? Bora falar sobre esse assunto no próximo artigo? O que vocês gostariam de plantar?

Procure evitar práticas físicas intensas próximas ao horário de deitar. Iogas tranquilas são muito bem-vindas.

Cápsulas de ervas como a valeriana e o maracujá, além do velho e bom magnésio, são incríveis!

Um escalda-pés com sal epsom ou sal grosso ou ervas como o alecrim ou erva cidreira.

Chá de cidreira ou camomila ou folhas de maracujá são infalíveis. E, para coroar, uma ducha quentinha antes de se chafurdar nos lençóis macios da sua cama, seguidos de 5 minutos com os olhos fechados, sentado em posição confortável, com a consciência na respiração. Aliás, exercícios de respiração como tapar o lado direito e inspirar e expirar pelo lado esquerdo por 15 vezes envia uma eficiente mensagem para o cérebro de que chegou a hora de hibernar. Em seguida, é só dar aquela espreguiçada e embarcar nos braços de Morpheu, ou “Morpheia”.

Bonne nuit!

Warm regards,

Love.