A noite de ano novo vem chegando e os tons de branco sempre acabam reinando nas produções. Mas isso não quer dizer que não possamos investir em outras cores, para trazer um astral diferente na hora da virada. Um esmalte colorido pode ser uma ótima solução para trazer novas energias para o ano que começa. E nessa pegada meio supersticiosa, fomos atrás dos significados das cores que são as principais apostas para 2012. É só conferir abaixo e mentalizar!

Vermelho: cor de Eros, carrega em si os significados dos impulsos humanos mais profundos, associa-se ao feminino, daí a origem da crença de que quem passa o réveillon com a cor (seja na roupa, ou nas unhas) atrai muita paixão para o ano seguinte.

Rosas: os rosas, assim como os vermelhos, estão ligados a feminilidade e a crença de que, por serem tons mais calmos, garatem um amor tranquilo para o ano seguinte.

Amarelo: assim como o dourado é uma cor que irradia, que representa fonte de luz e riqueza material. Há quem acredite que virar o ano de amarelo é garantia de um novo ano com muito dinheiro no bolso.

Laranja: é cor da comunicação, amizade, criatividade e, principalmente, entusiasmo. Além disso, a cor está em alta. O tom Tangerina Tango até foi eleito a cor de 2012 pela Pantone, além de ter aparecido em diversos desfiles da última temporada de moda. O laranja também atrai saúde e força.

Lilás: cor que representa o equilíbrio entre a sabedoria e o amor, a inteligência e a paixão, o espírito e os sentidos. Quem quer um ano mais moderado, pode apostar na cor.

Azul: relacionada à realeza e a nobreza por aparecer no brasão da casa real da França e no sangue “azul” dos nobres, a cor traz harmonia e pureza.

Verde: cor da natureza, traz calma, tranqüilidade e harmonia. Também acredita-se que reforça a saúde para o ano seguinte.

Prata: apesar de ser elegante e glamurosa, ela carrega consigo um significado de incerteza. Então, se precisa de resoluções mais concretas para 2012, melhor optar por outra cor e deixar essa para o resto do ano.

Preto: há quem não goste de usar nada preto na virada no ano, por ser culturalmente a cor do luto, mas, segundo crenças, é só uma cor que traz silêncio no ano seguinte.