Aeropilates é um mix entre Pilates tradicional e Yoga -  Foto: reprodução
Aeropilates é um mix entre Pilates tradicional e Yoga – Foto: reprodução

Por Camilla Bello

Criado pelo espanhol Rafael Martinez, e adaptado pelas brasileiras Renata Abate da Rosa e Fernanda Marcun, o aeropilates, exercício que promete fazer a cabeça – e o corpo! – da turma fitness neste ano, é um power mix entre o pilates tradicional e a ioga.

A técnica é feita no Columpio, um aparelho desenvolvido na Europa que, como o nome sugere, fica preso ao teto e utiliza o peso do corpo suspenso por tecidos resistentes, o que, claro, eleva o grau de dificuldade dos exercícios, aumenta o desafio corporal, e, consequentemente, os resultados conquistados.

Os exercícios respeitam o princípio do pilates como respiração controlada, abdome contraído, alinhamento da coluna, fluidez, controle e equilíbrio dos movimentos. Renata e Fernanda, consultoras da ProAction, acrescentam, ainda, movimentos que remetem ao circo e a ginástica artística. “Imagine, por exemplo, uma pessoa pendurada de ponta-cabeça, com as pernas enroladas ao tecido, flexionando o tronco em direção aos pés para realizar abdominais”, ilustra a fisioterapeuta Renata, especializada no método.

A prática tonifica os músculos e afina a cintura (Entre muitos outros benefícios) - Foto: reprodução
A prática tonifica os músculos e afina a cintura (Entre muitos outros benefícios) – Foto: reprodução

Parece difícil? Manter a concentração e a coordenação ajuda – e o resultado final compensa! “Os exercícios suspensos no formato circense também atuam de forma lúdica no alívio de articulações, descomprimindo a coluna vertebral e alinhando todo o corpo; além da melhoria da circulação sanguínea e linfática, diminuição do estresse e consequentemente diminuição no quadro de insônia”, conta Renata, que também é adepta do aeropilates.

Para Fernanda, o grande diferencial do método é a ativação do “CORE”, centro de forças do corpo (abdômen, coluna e região pélvica) associada a respiração lenta e fluida: “Este trabalho consciente auxilia na reabilitação de áreas com fraqueza muscular com muito mais eficiência.”

O melhor é que não há restrição de idade no aeropilates. Apenas gestantes e mulheres que sofrem de endometriose, glaucoma, problemas cardíacos ou hipertensão devem evita-lo, pois há risco de pequenas quedas e possível aumento do retorno venoso na postura invertida.

Cada aula elimina cerca de 500 calorias e cabe ao aluno decidir, de acordo com o objetivo, a quantidade de aulas que fará por semana. Como uma atividade complementar, uma vez por semana é o suficiente. Duas vezes é considerado o ideal, se aliada a uma atividade aeróbica de 30 minutos. Três vezes é o máximo indicado, já que os músculos necessitam de um descanso.

Queime cerca de 500 calorias por aula e conquiste o corpo desejado! - Foto: reprodução / Studio Prime Pilates
Queime cerca de 500 calorias por aula e conquiste o corpo desejado! – Foto: reprodução / Studio Prime Pilates

“É importante dizer que o método não se concentra em exercícios padronizados, como uma receita reutilizável. Ele segue o princípio da individualidade, onde os exercícios são modificados conforme o nível de condicionamento, aptidões físicas e objetivos de cada pessoa”, explica a educadora física Fernanda.

E os resultados? Basta um mês de exercícios para que as mudanças no corpo sejam notadas. A postura melhora, os músculos ficam definidos e tonificados, e a silhueta mais harmoniosa e afinada. Os braços e o abdômen acabam sendo as partes mais trabalhadas, já que os movimentos suspensos exigem mais esforços desses membros.

As atrizes Fernanda Paes Leme, Isis Valverde e Larissa Maciel já são adeptas da nova modalidade. Fernanda, inclusive, como boa Instagram addict que é, já registrou a atividade física por lá.

E aí? Preparada para o desafio de suar a camisa e para ficar – literalmente – de cabeça para baixo? Alguns estúdios de pilates já oferecem aulas de aeropilates. O Studio Prime Pilates e o Studio Fit Pilates, ambos em São Paulo, são dois deles.