HIIT the Beat – Foto: Divulgação

A novidade para quem quer estar pronto para o próximo verão atende pelo nome de HIIT the Beat: um método que vem da Alemanha, exclusivo na academia paulistana Les Cinq Gym, nos Jardins, e que inclui coreografias ritmadas de exercícios funcionais. Ela foi desenvolvida pelo breakdancer e cientista do esporte alemão Peter Sowinski, conhecido como Petair. Dançarino há 17 anos, ele mesclou elementos do hip hop com uma série de exercícios bastante conhecidos, como burpee, pranchas, agachamentos, deslocamentos laterais e chutes, realizados na sequência, em blocos de coreografias. Tudo ao ritmo dos estilos musicais que embalam o street dance, como funk, hip hop, electro ou break beats.

A aula, divertida e animada, dura entre 30 e 45 minutos, e trabalha condicionamento cardiorrespiratório, equilíbrio, mobilidade, coordenação motora, força, resistência e flexibilidade muscular. E, claro, com tudo isso ainda queima calorias! Não é preciso ter nenhuma experiência anterior com dança. “Sempre são apresentados dois tipos de coreografias, uma básica e outra avançada, para uma mesma sequência de exercícios. O aluno executa a que for mais confortável. E, à medida que vai evoluindo, passa para as partes desafiadoras”, diz Waldyr Maciel, coordenador técnico da Les Cinq Gym.

Maciel se preparou durante um ano, fazendo vários testes online, teóricos e práticos, com a equipe alemã responsável pela divulgação do método. “Tudo começou na pandemia. A fim de oferecer algo diferenciado, útil e que pudesse motivar os alunos, trancados em casa, passei a pesquisar novas aulas pelo mundo. Quando descobri a Breakletics, apresentei alguns movimentos nas minhas aulas. Como a aprovação foi geral, mergulhei mais a fundo na metodologia”, diz ele.

Para Rodrigo Sangion, CEO e proprietário da Les Cinq Gym, a ideia é tirar os alunos da zona de conforto com algo inédito e relevante. “É uma nova possibilidade de exercícios, até para aqueles que nunca se aventuram pelas aulas mais dançantes”, diz.