Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

A eletroestimulação muscular de corpo inteiro está em alta no mundo: os Estados Unidos, o maior mercado mundial de fitness, aprovaram recentemente o treinamento, criado na Alemanha e que há dois anos conquista adeptos no Brasil. A tecnologia batizada de XBody é um treino sem pesos que melhora o condicionamento físico e a composição corporal.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Em um mês, com oito sessões de 20 minutos – são recomendadas duas por semana -, é possível perceber os resultados. Não por menos, o treino conquistou modelos e atletas em busca da melhora da boa forma e da performance.

A tecnologia (na qual o praticante usa um colete de neoprene ligado a eletrodos que geram os impulsos vindos de uma máquina) estimula, simultaneamente, cerca de 350 músculos, proporcionando um rendimento equivalente a duas horas de musculação. No período de 20 minutos podem ser gastas, ainda, até 350 calorias.

A aprovação vem na esteira do crescimento desse tipo de treino em outros mercados (aqui no Brasil, a rede Tecfit lidera os treinamentos com essa tecnologia) – e a eficácia e segurança comprovadas com o uso a longo prazo. Uma das grandes vantagens do XBody é otimizar o tempo de treinamento de praticantes de esportes como corrida, artes marciais, natação, tênis, futebol e basquete.

A máquina estimula a musculatura enquanto são realizados os movimentos da modalidade esportiva que praticam, garantindo mais funcionalidade ao treinamento. A correção postural é outro benefício da tecnologia, que dá sustentação a estruturas chaves da postura correta, como é o caso da coluna.

Leia mais:
De esteticista a modelo: conheça a história de Melissa Moreno
“Priorizo a alimentação vegana”, diz Isabelle Drummond sobre dieta diária
Como combinar tênis com estilo nos seus looks