Cicilia Street Barros - Foto: reprodução/Harper's Bazaar
Cicilia Street Barros – Foto: reprodução/Harper’s Bazaar

Por Anna Paula Buchalla, fotos Fe Pinheiro, stylist Alexandra Benenti e beleza Saulo Fonseca (Capa/MGT)

A moda sempre esteve no DNA de Cicila Street Barros: foram 25 anos como buyer de marcas internacionais da Daslu e 19 como diretora de fashion da Chanel.

E como moda e beleza caminham juntas, Cicila, 54 anos, sempre buscou a coesão entre o guarda-roupa, o necéssaire e a vida saudável. O resultado dessa fórmula é de deixar boquiaberta muita menina de 20 anos.

À esquerda, Rosy Glow Blush, Dior, R$ 219; à direita, Iluminador Touche Éclat, YSL, R$ 215 - Foto: reprodução/Harper's Bazaar
À esquerda, Rosy Glow Blush, Dior, R$ 219; à direita, Iluminador Touche Éclat, YSL, R$ 215 – Foto: reprodução/Harper’s Bazaar

Para cuidar do corpo, ela não abre mão da musculação, que pratica duas vezes por semana com o personal trainer Pedro Ricciarelli. Nos outros três dias, ela corre na esteira. Uma vez por mês, Cicila faz tratamento para o rosto com a expert Ruth Inamura, do Amarynthe Spa. “Ela alia tratamentos faciais com técnicas de massagem e usa produdutos do Japão”, conta Cicila.

No Laces & Hair, faz mensalmente uma limpeza de couro cabeludo. No rosto, os cuidados incluem tônico, hidratante para os olhos e fórmulas à base de ácido glicólico. A maquiagem é leve, com iluminador para tirar o ar de cansada, pó, blush, lápis suave e uma camadinha do rímel que acabou de descobrir, o 3D Fiber Lashes, da Younique.

Creme anti-idade Sublimage La Crème, Chanel, R$ 1.560; e Iluminador Touche Éclat, YSL, R$ 215 - Foto: reprodução/Harper's Bazaar
Creme anti-idade Sublimage La Crème, Chanel, R$ 1.560; e Iluminador Touche Éclat, YSL, R$ 215 – Foto: reprodução/Harper’s Bazaar

Cicila soube recentemente ser portadora do diabetes tipo 1. Mudou radicalmente sua alimentação, e hoje recorre às receitas do nutricionista Marcelo Ferro, com um plano alimentar que ajuda a reativar seu pâncreas.

Desde o final do ano passado, quando saiu da Chanel, passou a dedicar mais tempo para cuidar da casa, do marido (o arquiteto Edo Rocha), dos dois filhos e do neto Martim. “Adoro fazer programas com o Martim, como tomar sorvete na Bacio de Latte.”

Viaja mais para a chácara de Jaboticabal, que pertence à sua família há 200 anos. E também recebe mais amigos em casa, em jantares pilotados por Edo. Com ele, Cicila começou a apreciar ainda mais a arte, especialmente nas viagens que fazem juntos ao exterior. “Quero envelhecer bem aos meus olhos e aos dos outros.”

Assine a Harper’s Bazaar