Arte: Divulgação

Em sua terceira temporada, o podcast de beleza e bem-estar “Ciao, Bela!”, de Iza Dezon e Vânia Goy, aborda temas sobre brasilidades (formulações, ingredientes, estéticas e marcas brasileiras com destaque no exterior), tratamentos para dores crônicas, microdoses (para além dos alucinógenos), práticas e rituais que ajudam a desacelerar a rotina, e as principais projeções para o futuro do varejo de beleza. “A terceira temporada do ‘Ciao, Bela’ nos trouxe maturidade para abordarmos assuntos mais profundos e complexos, saindo um pouco dos temas ingredientes e produtos, que foram abordados nas primeiras duas temporadas. Também estamos cada vez mais à vontade com o formato, então os episódios ficaram mais divertidos e descontraídos”, conta Iza.

O podcast é dividido em pílulas para ficar por dentro das inovações e tendências de comportamento da indústria de beleza e bem-estar. Enquanto isso, uma boa pedida é maratonar pela segunda temporada. Há episódios como o que fala sobre fungos e investiga como eles podem ajudar a desenhar um mercado de beleza e saúde baseado na sustentabilidade e inovação. Outro trata do surgimento das femtechs, a junção das palavras “feminine” e “technology” deu origem a empresas, em sua maioria, comandadas por mulheres que facilitam discussões e serviços focados em natalidade, menopausa e menstruação. A expectativa é que este mercado movimente US$ 50 bilhões até 2025.

Imperdível o episódio sobre sono, ou melhor, a falta dele. Diante da epidemia de insônia, o que as indústrias de saúde e bem-estar estão inventando para ajudar quem sofre acordado? Luxo é menos lixo aborda produtos sem água, solúveis, em pó, embalagens biodegradáveis e cosméticos em barra, como alguns dos caminhos que apontam para um futuro com menos resíduo e mais engenhosidade.

E, no último episódio da temporada, um mergulho no metaverso que, para além dos jogos, proporciona novos espaços onde podemos viver outras camadas da realidade. Já pensou que em breve você estará se maquiando e escolhendo looks para viver a vida online? “Gosto da ideia da gente poder pesquisar temas muitíssimo atuais, como as mudanças do varejo, metaverso e inteligência artificial ou o uso de psicodélicos sob a ótica de inovação específica para os mercados de beleza e bem-estar. A cada nova temporada, vejo que o ‘Ciao, Bela’ abre estas, e muitas outras, possibilidades de assuntos ainda pouco óbvios neste segmento de atuação”, diz Vânia Goy. Imperdível!