Exagerou? Detox já! - Foto: reprodução / Harper´s Bazaar
Exagerou? Detox já! – Foto: reprodução / Harper´s Bazaar

Por Marília Leoni, do Site RG

Impossível acordar no dia 26 de dezembro sem a sensação de que se passou dos limites alimentares nas duas noites anteriores. O corpo costuma pedir por moderação – ainda que isso pareça ser impossível até janeiro.  Carol Stoffella, chef responsável pelos programas de detox de Bruna Marquezine e de boa parte do high carioca, resolveu ajudar nessa tarefa difícil de entrar o ano novo de corpo purificado e, com exclusividade, listou alguns alimentos que ajudam nessa limpeza.

“A Detox é um processo natural, que neutraliza e elimina as toxinas alimentares e ambientais do corpo. Certos alimentos podem dar esse suporte e auxiliar – ou mesmo acelerar o processo – fornecendo vitaminas,antioxidantes, minerais, ácidos graxos essenciais, fibras e outros nutrientes necessários”, explica Carol. Confira a lista de alimentos que podem ser quase um presente para o corpo depois dos exageros natalinos:

Confira os alimentos que ajudam na limpeza do corpo - Foto: reprodução
Confira os alimentos que ajudam na limpeza do corpo – Foto: reprodução

Rúcula – Contém um número de compostos que ajudam na desintoxicação, como o sulforafano e indole-3-carbinol. Uma forma de utilizar rúcula é no pesto, como um substituto para o manjericão. Uma outra opção é acrescentar no Suco Verde.

Alho – Contêm compostos de enxofre, que aumentam a capacidade do organismo para desintoxicação pelo aumento da produção de glutationa, necessária para a eliminação de certas toxinas. O alho deve ser esmagado ou picado, a fim de libertar os compostos de enxofre benéficos. Depois de esmagados, devem ser refogados, para fazer um vegetal ou legumes. Tente adicioná-lo ao molho de salada, com azeite e suco de limão. Também é possível assá-lo.

Limão – Os limões são ricos com vitamina C e ajudam a restaurar o equilíbrio ácido-alcalino do corpo, nos permitindo remover de forma mais eficaz as toxinas alimentares e ambientais do organismo. Adicione o shot com suco de meio limão a um copo de água e beba logo pela manhã, em jejum, para alcalinizar o corpo e ajudar a digestão. Também tente usar suco de limão em um molho de salada, juntamente com vinagre de maçã (outro que ajuda na desintoxicação do organismo). Mantenha algumas fatias de limão útil para espremer em água ou em cima de legumes no vapor ou por cima nas refeições.

Maçãs – As maçãs são ricas em fibras insolúveis e pectina, uma fibra solúvel que absorve as toxinas e resíduos e as “varre” para fora do nosso organismo através do intestino. São de baixo índice glicêmico, o que significa que elas são absorvidos lentamente, com um aumento gradual do açúcar no sangue e insulina. As maçãs contêm ácido glutárico, que ajuda o corpo a se livrar de substâncias químicas similares ao estrogênio e metais pesados, exageros pós-festas e bebidas alcoólicas. Além de comer uma maçã fresca inteira. Poderá assá-la com canela e fio de mel, ao invés de comer a sobremesa que restou das ceias. Poderá assar e fazer um lanche com manteigas naturais de amêndoa que encontramos prontas no mercado. Poderá adicionar na salada, cortada em cubos. E claro, no Suco Verde logo pela manhã.

Abacates – São ricos em gordura monoinsaturada saudável para o coração. A gordura boa é essencial durante uma dieta de desintoxicação, uma vez que promove a libertação de bílis da vesícula biliar, permitindo a eliminação de toxinas do corpo e a absorção de vitaminas solúveis em gordura, incluindo a vitamina A , vitamina D , vitamina E e vitamina K . Pode ser adicionado para saladas ou batidos com azeite, limão e pitada de sal para fazer molhos para as saladas.

Gengibre – Um alimento naturalmente anti-inflamatório, gengibre também ajuda a aliviar náuseas, melhorar a digestão, e promove a desintoxicação, acelerando o movimento do alimento através do intestino. Poderá fazer um purê de cenoura ou de batata baroa com gengibre, acrescentando gengibre fresco ralado ao molho de salada, ou sumo da raiz de gengibre fresco aos legumes no vapor.

Linhaça – A Linhaça contém ácido alfa-linolênico, um ácido Omega-3. Saudável para o coração, ela melhora a forma como o corpo usa insulina, o hormônio que apura o açúcar na corrente sanguínea. Têm fibras solúveis e insolúveis, o que ajuda a desintoxicação do organismo, promovendo a regularidade intestinal e ajudam o corpo a eliminar as toxinas em excesso, o colesterol e os resíduos. Pode ser polvilhada nas frutas, saladas, e outros pratos ou adicionada a todo o liquidificador para fazer smoothies. As sementes formam um gel quando combinadas com água, de forma que possam ser utilizadas para engrossar sopas ou podem ser utilizadas como um substituto de ovo em algumas receitas.

Erva Doce – É uma boa fonte de ácido fólico, potássio e antioxidantes, um fitoquímico que reduz as inflamações. Também é suavemente diurético, ajuda com a remoção de substâncias tóxicas do corpo. Meia xícara de erva-doce crua tem apenas 14 calorias. Poderá ser cortada em fatias finas e adicionada a saladas ou pode ser espremida, juntamente com maçãs, aipo, cenoura e pêras em sucos. As sementes de erva-doce têm sido muito utilizadas como um remédio para inchaço, flatulência, constipação e mau hálito. Poderá fazer chá de sementes de erva-doce, ou mastigar algumas sementes de erva-doce para hálito fresco e principalmente facilitar a digestão.

Alimentos que devem ser evitados: Produtos lácteos e ovos, adoçantes como qualquer tipo de açúcar ou adoçantes artificiais, glúten, farinha, soja e seus derivados, café e bebidas cafeinadas, produtos de origem animal como carne, embutidos, frios, além de condimentos, álcool e produtos com corantes e conservantes.