Dormir bem é essencial para o bem estar – Foto: Arquivo Harper’s Bazaar

Tremores, cansaço, sensação de incapacidade, suor excessivo, boca seca e náuseas. São esses os sintomas de ansiedade e depressão, doenças que acometem 322 milhões de pessoas no mundo e cerca de 5,8% da população brasileira, segundo dados da OMS (Organização Mundial da Saúde). Liderando o ranking da América Latina, 9,3% dos brasileiros já tiveram algum tipo de transtorno de ansiedade, sendo a maioria dessa população o público feminino.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Depois do início da pandemia do novo coronavírus, os casos aumentaram ainda mais, e a previsão é de que, em menos de dez anos, as doenças passem a ser cada vez mais presentes na sociedade e possam gerar uma série de incapacidades. Além das causas comuns – fatores sociais, psicológicos e biológicos -, a ansiedade e a depressão podem ser provenientes de uma baixa autoestima e de grandes níveis de estresse.

É muito importante ter um acompanhamento profissional para tratar e minimizar os impactos das doenças. Entretanto, algumas ações e hábitos do dia a dia podem evitar que os dados de ansiedade e depressão façam parte da sua rotina.

Saúde e beleza são conceitos atrelados. O cuidado externo ajuda a manter o funcionamento interno do corpo e também deixa a mente saudável. Com a instabilidade da reabertura do comércio, muitas pessoas foram privadas de frequentar clínicas estéticas e salões de beleza, mas dedicar um tempo para o autocuidado e cuidar da beleza pode contribuir para diminuir os sintomas de ansiedade, por exemplo, por ser um momento dedicado totalmente para se conectar consigo mesma.

A maquiagem foi uma válvula de escape na pandemia, além de ajudar a aumentar a nossa autoestima. Entretanto, alguns cuidados devem ser tomados para manter a pele saudável. Antes de começar a se maquiar, é essencial usar um hidratante feito para o seu tipo de pele, e, antes de dormir, retire-a por completo, sem deixar nenhum resquício.

Beber água é uma ação fundamental. Os benefícios são a melhora da circulação sanguínea, eliminação de toxinas e a hidratação da pele. Médicos e especialistas indicam a ingestão de dois litros de água por dia. Além disso, a alimentação também faz parte da lista de boas práticas para manter o bem estar físico e mental. Procure balancear a sua alimentação, sem exagerar em frituras, alimentos gordurosos, hipercalóricos e industrializados. Uma dieta repleta de legumes, verduras e boas proteínas evita o surgimento de processos inflamatórios na pele e no cabelo.

O sono é outro aspecto do nosso dia a dia que deve ser levado em consideração. Para manter-se bem e com energia para realizar todas as atividades cotidianas, o ser humano precisa de seis a oito horas de descanso diário. Por fim, estabeleça uma rotina. Consuma notícias boas, fale com seus amigos e familiares, deixe o corpo em movimento e separe parte do seu dia para o cuidado pessoal.