Niacinamida: como incorporar o composto na rotina de skincare
Foto: Arquivo Harper’s Bazaar

Um dos ingredientes que vêm ganhando destaque no mundo da beleza e dos cuidados com a pele é a niacinamida. Com usos diversos, este componente, também conhecido como vitamina B3, se adapta às necessidades de qualquer tipo de pele, seja ela oleosa, mista ou seca, e tem como resultado clareamento de manchas, correção de poros dilatados, diminuição da vermelhidão e sensibilidade, proteção contra agressões causadas pela poluição e raios UV, além de ter ação antioxidante e reparadora.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Com tantas vantagens, com certeza, você já ouviu falar de alguma delas em outros produtos e pode estar se perguntando qual a diferença do niacinamida para outros compostos parecidos com ele. Uma das maiores diferenças desta para outras vitaminas, como a vitamina C, à qual a B12 é muito comparada, é a estabilidade. A niacinamida, por ser mais estável, consegue manter sua integridade e eficiência com maior facilidade, tendo mais chances de apresentar bons resultados mesmo em concentrações mais baixas dentro de diversos cosméticos.

Apesar dessa vantagem, este produto não anula o uso de outros que possam ter ações parecidas. Isso porque a B12 não oferece outros estímulos, como o de produção de colágeno, oferecido pela vitamina C, por exemplo, entre outras funções que apenas componentes diferentes podem ter.

Como adicionar a niacinamida à rotina?

Já que apenas um produto não pode fazer milagre, a indicação é de que este componente seja usado em conjunto com outros. Esta possibilidade é outra vantagem da niacinamida, já que pode ser utilizada em qualquer horário do dia e não reage negativamente à maioria das outras composições de cosméticos, além de potencializar os efeitos deles na pele.

As misturas mais populares são feitas com produtos que contêm ácidos, em especial pelo fato de ambos os ingredientes terem o poder de renovar a pele de maneira rápida.

Para quem busca clarear a pele, as combinações com vitamina C, gluconolactona, ácido mandélico e ácido tranexâmico são uma boa pedida. Já para quem deseja focar em melhorar a textura da pele, fechando poros, diminuindo rugas e flacidez, produtos com ácido hialurônico, ácido salicílico, ácido lactobiônico e ácido glicólico são as opções que apresentam maiores vantagens.