Busca Home Bazaar Brasil

Oito celebridades que possuem marcas próprias de cosméticos

Mercado de cosméticos se mantém em franco crescimento em todo o mundo - números apontam que só o setor de maquiagens cresce 10% ao ano

by Anna Paula Buchalla
Jennifer Lopez e a Inglot - Fotos: Divulgação

Jennifer Lopez e a Inglot – Fotos: Divulgação

Qual o próximo passo se você é um ícone incontestável da beleza e do bem-estar? Lançar sua própria marca de cosméticos, é claro. Recentemente, Jennifer Lopez e Gwen Stefani juntaram-se a um time de estrelas de primeira grandeza, à altura de Madonna, das Kardashians, Gwyneth Paltrow, Miranda Kerr, Rihanna e Victoria Beckham, entre outras.

JLo, que já é um sucesso no universo de perfumes (a fragrância que leva seu nome gerou US$ 100 milhões em negócios em apenas um ano de lançamento), agora investe em uma linha de maquiagens com a Inglot, que traz pós faciais, batons, sombras, cílios postiços, blushes e bronzers, somando mais de 70 itens.

Quer saber mais sobre beleza? Siga a Bazaar no Instagram

Gwen Stefani e a Urban Decay - Fotos: Divulgação

Gwen Stefani e a Urban Decay – Fotos: Divulgação

Enquanto isso, a cantora do No Doubt ainda inspira com seus makes exagerados (boca muito vermelha e cílios com muita máscara) a ponto de criar sua linha de maquiagem com as cores e texturas de sua preferência.

Miranda Kerr e a Kora Organics - Foto: Divulgação

Miranda Kerr e a Kora Organics – Foto: Divulgação

Suas linhas de cosméticos realmente refletem as filosofias de vida de cada uma delas. Miranda Kerr, por exemplo, traduz em sua Kora Organics um estilo de vida totalmente natural, sem aditivos ou químicos degradantes à natureza. A modelo, que acredita no poder dos cristais, levou os minerais a seus potinhos de tratamentos de pele, caso do quartzo rosa.

Leia também:
Pippa e Kate: copie o make das irmãs Middleton para o casamento real
Meghan Markle: expert ensina a fazer o make da noiva
Sombra colorida é destaque em Cannes

Madonna em um dos lançamentos da MDNA Skin - Foto: Divulgação

Madonna em um dos lançamentos da MDNA Skin – Foto: Divulgação

Em sua MDNA Skin, Madonna encapsulou seus ditos “segredos” da boa forma aos inacreditáveis 58 anos. Não se trata apenas de ser garota-propaganda de sua marca: a linha high end de skincare da rainha do pop é usada pela própria, com dicas e tutoriais divididos na conta do Instagram da label.

Madonna testa sua máscara facial que virou febre - Fotos: Divulgação

Madonna testa sua máscara facial que virou febre – Fotos: Divulgação

As mulheres foram à loucura com a máscara magnética facial lançada pela cantora, inicialmente no Japão e na Coreia: a Chrome Clay acompanha um ímã para a retirada do produto e custa cerca de US$ 600.

Kylie Jenner e a Kylie Cosmetics - Foto: Divulgação

Kylie Jenner e a Kylie Cosmetics – Foto: Divulgação

Kylie Jenner, do clã das Kardashians, criou a cobiçadíssima Kylie Cosmetics: seus batons, glosses e iluminadores esgotam assim que chegam ao mercado.

Kim Kardashian e sua KKW Cosmetics - Foto: Divulgação

Kim Kardashian e sua KKW Cosmetics – Foto: Divulgação

Kim Kardashian não ficou para trás e lançou também sua linha de maquiagem, a KKW Beauty, cujas estrelas são os kits de contorno e iluminadores. No dia de seu lançamento, no ano passado, os 300 mil cosméticos à venda sumiram das prateleiras reais e virtuais em questão de minutos – e até hoje, quase um ano depois, continuam a ser objeto de desejo.

Rihanna e a Fenty Beauty - Foto: Divulgação

Rihanna e a Fenty Beauty – Foto: Divulgação

Mesmo caso de Rihanna, com sua Fenty Beauty, que tem uma gama de 40 bases para todos os tons de pele, inclusive as mais escuras, pregando uma ode à diversidade.

Gwyneth Paltrow e a Goop - Fotos: Divulgação

Gwyneth Paltrow e a Goop – Fotos: Divulgação

Gwyneth Paltrow, com a Goop, de produtos veganos e orgânicos, já que a bela jura que não coloca nada químico nem dentro e nem fora de seu belo corpo.

Victoria Beckham e a Esteé Lauder - Foto: Divulgação

Victoria Beckham e a Esteé Lauder – Foto: Divulgação

Victoria Beckham, com a linha de make estilosíssima como ela, feita para a Estée Lauder.

Todas as marcas, sem exceção, se autointitulam cruelty-free, ou seja, não testam nem utilizam substâncias testadas em animais. As associações com pequenas e até grandes empresas impacta ainda o próprio desenvolvimento de produtos: as marcas passaram a investir mais em pesquisa e desenvolvimento de produtos que funcionam, sem decepcionar, mesmo sem química pesada por trás.

Bom para todo mundo. Afinal, ninguém vai querer colocar seu nome – nem o belo rostinho – à prova de críticas negativas.