Foto: Arquivo Harper’s Bazaar

Quem, após um dia cheio de afazeres, não gosta de receber uma massagem nos pés? Na falta de alguém para realizar a tarefa, a automassagem é uma solução. “Os benefícios vão além do bem-estar físico e incluem melhora na circulação sanguínea, diminuição do estresse, relaxamento e alívio de dores”, destaca a podóloga Malú Pinheiro, coordenadora técnica da Doctor Feet.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Segundo ela, a massagem nos pés, por possuir pontos reflexos, estimula outras áreas do corpo que nos dão mais energia e melhoram a circulação sanguínea como um todo.

“A pressão dos dedos durante a massagem facilita o retorno venoso do sangue para os músculos, que, por sua vez, ajuda a drenar o líquido, diminuindo assim a retenção e o inchaço, ajudando na eliminação de resíduos metabólicos”, completa a profissional.

Para iniciar a rotina de autocuidado, vale a pena ter um óleo ou creme hidratante, para que as mãos e dedos deslizem mais facilmente pela pele, e seguir as orientações da especialista. Anote os oito passos para uma massagem deliciosa:

1. Lave e hidrate os pés;
2. Com o óleo ou creme, faça movimentos de deslizamento por todo o pé;
3. Em seguida, com os polegares, faça movimentos circulares na sola logo abaixo dos dedos por três minutos;
4. Deslize os dedos em movimentos para cima e para baixo em toda sola dos pés por aproximadamente dois minutos;
5. Dedo por dedo, faça movimentos circulares massageando-os por cerca de três minutos;
6. No dorso do pé (parte de cima), faça movimentos circulares para cima e para baixo se estendendo para os tornozelos por dois minutos;
7. Finalize rotacionando o pé para direita e depois para a esquerda por três minutos;
8. Repita esse procedimento com o outro pé e ao final eleve as pernas para ajudar no retorno venoso.