Foto: Arquivo Harper’s Bazaar

Treinar no inverno não precisa ser um sacrifício. O exercício físico ajuda você a ter mais disposição para enfrentar o dia. Reunimos aqui as melhores dicas do educador físico Rodrigo Sangion, da Les Cinq Gym. Anote:

1. Use o inverno a seu favor

No inverno o nosso metabolismo é mais acelerado, porque o organismo precisa gerar energia extra para garantir o aquecimento do corpo. Isso significa que se você continuar os treinos e não descontar tudo na hora de se alimentar, já que o apetite também aumenta no inverno porque existe demanda de energia, é possível melhorar a performance para o emagrecimento e ganho de massa magra, mais do que no verão.

Além disso, se você mantém o equilíbrio de treinos e dieta no inverno, você também não precisa ficar desesperado e começar todo o trabalho do zero pra se preparar para o verão. Então se o desânimo tomar conta nos dias frios, lembre disso e tente manter, pelo menos, 3 x de treino por semana.

2. Roupa adequada

Não é porque o treino é em casa que você não tem que se preocupar com a roupa adequada. Procure usar roupas específicas de treino, principalmente aquelas que facilitam o processo de sudorese. Quando o corpo estiver quente e bater o calor, continue de tênis, não tire, ele vai te ajudar na pisada certa para executar movimentos como saltos e pranchas na ponta do pé. Além disso, nunca tire toda roupa de uma vez, tire primeiro a blusa e depois a camiseta para não ter choque térmico.

Quando acabar de treinar troque de roupa imediatamente. Elas ficam úmidas e isso pode prejudicar a regulação da temperatura corporal, causando até uma hipotermia. No pós-treino, não se engane com o calor do corpo quente, mantenha-se aquecido para evitar também um choque térmico.

3. Beba água

Não pare de beber água só porque está frio. A ingestão de água é fundamental para hidratar o corpo, ter resultados dos exercícios feitos e performance durante o treino.

4. Cuidado com o ar seco

Quem gosta de caminhar no quarteirão de casa tem que ter atenção redobrada ou evitar por causa do ar seco, que aumenta os problemas respiratórios. Procure respirar pelo nariz para que o ar chegue mais filtrado e aquecido nos pulmões.

5. Alongamento

Quem nunca pulou o alongamento e foi direto para o treino? O alongamento é o melhor aliado de um treino em um dia frio e se você não se alongar antes de começar o treino você tem mais chances de ter lesões no corpo. Isso pode acontecer porque é a época que contraímos mais a musculatura naturalmente para combater o frio, então deixamos todo o corpo mais rígido. Após o alongamento a musculatura e as articulações estarão mais relaxadas e prontas para uma performance segura.

Pra quem é iniciante ou não faz exercícios em casa, o alongamento também é uma ótima sugestão para manter nossa estrutura saudável. Esticar as costas, o pescoço, as pernas e braços já deixam o corpo mais flexível, evita dores e traz a sensação de conforto e bem-estar. Depois de um alongamento dá até vontade de arriscar uma série de exercícios!

6. Aquecimento

Assim como o alongamento, o aquecimento é outro grande aliado de um bom treino no inverno. Comece o treino com um belo aquecimento, seja um polichinelo ou uma caminhada de urso ou uma corrida estacionária, em apenas 1 minuto você já vai sentir o corpo quente e mais disposto para seguir o treino completo.