Busca Home Bazaar Brasil

Os perfumes antiperfume estão em alta no mercado de beleza

Eles foram criados para interagir com outras fragrâncias ou com o seu cheiro natural, resultando em uma versão única, só sua e customizada

by Anna Paula Buchalla
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Pode-se dizer que tudo começou com o perfumista alemão Geza Schoen, um daqueles “narizes” de perfumaria avançada. Em 2006, ele criou a Escentric Molecules, linha de perfumes cujo carro-chefe é o Molecule 01, que contém somente um ingrediente, a molécula Iso E Super.

Até aí nada demais: parece simples, um perfume de uma nota só. Mas o Molecule é extremamente complexo em seu conceito e performance. Primeiro: foi feito para interagir com os feromônios de cada um, portanto, cria-se um cheiro individual e impossível de ser repetido. Segundo: deixa uma aura no ar, não exatamente um cheiro, é quase como um perfume neutro que pode ser combinado a outros – no caso, pode-se usá-lo com algumas das opções Escentric, outra linha da mesma marca. O cheiro do Molecule 01 não é nada parecido com nenhum outro perfume, o que o torna muito, mas muito sexy e misterioso.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Os perfumes da Escentric Molecules - Foto: Divulgação

Os perfumes da Escentric Molecules – Foto: Divulgação

“Lembro bem a primeira vez que senti em uma amiga o perfume Molecule 01. Um perfume maravilhoso que ia e vinha. Algo de sedutor, enigmático e magnético. Perguntei. Ela me explicou que um ‘nariz’ (o nome que se dá ao artista que cria perfumes) alemão, Geza Schoen, havia inventado um perfume revolucionário de uma molécula, o Iso E Super. Ele destaca uma fragrância duradoura maravilhosamente sutil que consegue permanecer fresca, natural e ao mesmo tempo sensual. Me contou histórias de pessoas que um ano depois de tê-la visto ainda lembravam do seu perfume”, escreveu Consuelo Blocker em seu blog. De tão apaixonada, ela estabeleceu uma parceria com a marca e testa as mais diferentes combinações.

Quem usa o Molecule garante que existe um diferencial exclusivo dos perfumes: às vezes você o sente, às vezes não, em uma espécie de reconhecimento intermitente. Ah, e você certamente será parada na rua para contar qual a fragrância que está usando. A linha no Brasil vai do 01 ao 03 (R$ 530, a versão de 100 ml). Cada número tem a sua versão Molecule e a sua versão Escentric (também de 01 a 03, por R$ 530 cada uma), todos à venda no site da Espírito Bird (Espiritobird.com) ou em alguns pontos de venda especiais. Em São Paulo, eles podem ser encontrados no salão MG Hair.

Outros perfumes lançados recentemente na linha “um cheiro para chamar de seu” são o You (US$ 60), da Glossier, feito para amplificar o cheiro da pele de cada pessoa; e o Elevator Music (US$ 275), collab entre Byredo e Off-White, definido como uma fragrância sem valor sozinha: ela precisa de uma pele para existir – como se a fórmula fosse incompleta sem alguém para usá-la. E ainda o americano I Don’t Know What (US$ 260), da marca DS & Durga, apresentado como um aprimorador de cheiro com um je ne sais quoi (daí o seu nome em inglês). Autenticidade, no melhor estilo millenials.

Leia mais:
Três perguntas de beleza para Tais Araújo
Aprenda a usar extrato de flores na rotina de beleza
Lampe Berger apresenta fragrâncias para primavera