Foto: Divulgação

Quando o diretor criativo Julien Dossena chegou à Paco Rabanne, ele buscou o diálogo intelectual com o fundador e meios para dar continuação ao seu trabalho.

“Vejo Paco Rabanne como um estado de espírito. A mente de um criador que tinha uma visão da moda e da vida em que as mulheres seriam emancipadas e estariam tão à vontade com seus corpos que poderiam transformar suas armaduras em roupas sensuais. As mulheres de Paco Rabanne estão sempre em ação. A marca hoje diz respeito a estar viva de maneira plena”, resume Dossena.

A “Pacollection” é um encontro entre diversos personagens que estão convergindo ao mesmo ponto: ter personalidade. “Seja qual for o caminho, compromisso é uma virtude. Mesmo que os objetivos sejam diferentes, deve haver vitalidade neles. Faço moda com o objetivo de apoiar a fala, apoiar a criatividade, ajudar o público a ter a ter voz”, conta o estilista.

“O mesmo vale para a criação desses perfumes. Eles decodificam uma variedade de identidades e o modo como são expressas, de maneira ‘fluida de gênero’, significando agir livremente, fora dos limites de gênero”, complementa

A linha tem seis perfumes para diferentes humores, que representam um estado de espírito e o toque final para uma roupa. Em 1969, o Paco Rabanne estava repleto de experimentos de moda, estendendo-se a projetos revolucionários nos quais papel, couro fluorescente, metal batido e jersey de alumínio dariam à moda moderna um novo alento.

Foto: Divulgação

Neste estado de espírito, tão visionário quanto fantástico, ele criou seu primeiro perfume com o nome “Calandre”. Era um perfume rebelde para mulheres com uma atmosfera que era original, quase dissonante, pode-se dizer, no contexto clássico da perfumaria francesa da época.

Hoje, o “Pacollection” continua estas afinidades eletivas com os preceitos do fundador, sempre em busca de um pensamento surpreendente.

O que constitui uma coleção de perfumes? Não é apenas uma coleção: é um momento no tempo, é uma vida cheia de sons, imagens, sonhos e ambientes. Uma fragrância é mais do que um perfume. É uma atmosfera expansiva e mutável, uma substância que está muito viva e que muda de acordo com as ondulações e os reflexos de uma personalidade. Conheça cada um deles e seus respectivos perfumistas:

Genius Me, de Dominique Ropion

Alecrim/Casca de laranja/Musgo de árvore/Cristalfizz

Uma conjuração de frutas cítricas desperta a pele, iluminada por casca de laranja e reforçada por alecrim, em seu aspecto cítrico mais intenso. Este começo estrondoso acalma quando o musgo acrescenta uma misteriosa sensualidade. A nota Cristalfizz traz uma nota reconfortante de lavanderia para este perfume pernicioso. Genius Me é um sorriso, uma ideia brilhante.

Erotic Me, de Quentin Bisch

Couro/Leite/Osmanthus/Incenso

Um couro leitoso concebido como uma sensualidade elevada. Torna-se embriagado com esta flor especial, osmanthus, que evoca uma série de sugestões cativantes. Aqui, seu acento de couro é muito opulento. Por fim, o incenso chega como uma fumaça muito preciosa que envolve esse estranho encontro. Erotic Me é um filtro fascinante, um encontro apaixonado.

Fabulous Me, de Alienor Massenet

Abóbora/Ruibarbo/Baunilha/Sândalo

Uma madeira acobreada concebida como uma floresta extraterrestre. O sândalo é uma base luxuriante e seu tom opulento é incendiado pela abóbora, um elemento pernicioso combinado com ruibarbo impecavelmente ácido. A essência pura da baunilha, um aroma profundo e animal, acrescenta mistério a este perfume. Fabulous Me é uma madeira que acelera o pulso, uma folhagem encantada.

Dangerous Me, de Marie Salamagne

Baunilha/Gengibre/Cedro/Âmbar cinza

Uma pintura de baunilha concebida como uma tatuagem esotérica. Um vício instantâneo com o âmbar cinza e sua poderosa presença. A baunilha acompanha este ambiente lascivo como um véu suave na pele. O cedro é uma sombra protetora e quente, enquanto a ponta de gengibre brilha neste perfume como um lampejo de impertinência. Dangerous Me é uma doçura subversiva, uma impressão perturbadora.

Crazy Me, de Alienor Massenet

Mimosa/Wasabi/Groselha/Sândalo

Um floral ácido concebido como uma explosão de cores. Sinta a luz da mimosa, uma flor benevolente, misturada com wasabi, a resistente planta do Japão com um sabor picante. Groselha preta suaviza as bordas ásperas, enquanto o precioso sândalo apresenta uma estrutura voluptuosa. Crazy Me é um sol escaldante, uma esfera vibrante.

Strong Me, de Fabrice Pellegrin

Davana/Rum/Baunilha/Âmbar cinza

Uma fruta preta metálica considerada um licor hipnótico. A delicada planta davana é sagrada na Índia, honrando Shiva. Aqui, mistura sua doce e açucarada silagem com rum dourado como néctar. A madeira de âmbar e baunilha intensificam seu ambiente inebriante. Todas as notas são transformadas em melodia magnética. Strong Me é um manifesto radical, uma canção irresistível.

A campanha

Uma campanha exclusivamente digital foi criada para lançar a “Pacollection”. Produzida por Sheila Johansson, apresenta indivíduos que personificam os personagens de cada um dos perfumes. Filmado próximo a Barcelona, em La Fabrica, acatedral de concreto do arquiteto Ricardo Bofill, segue os movimentos de seis pessoas magnéticas que vagueiam pelas voltas e reviravoltas deste lugar através da icônica música de David Bowie, “Heroes”.

Heróis, como personagens de contos de fadas e ao mesmo tempo acessíveis, incorporados por figuras ativas da vida contemporânea, por personalidades reais:

Genius é o músico @bambounou
Crazy é a modelo @iamhyunjishin
Fabulous é a cantora @kelela
Dangerous é a atriz @dreelouisehemingway
Erotic é o skatista @evanmock
Strong é o dançarino @altonmason

Um frasco de vanguarda

Foto: Divulgação

A marca Paco Rabanne sempre explorou novos territórios. E para esta coleção, projetou o primeiro frasco de perfume flexível, com uma aparência totalmente nova.

Conscientização sobre sustentabilidade

A maioria dos materiais de embalagem é reciclável de acordo com os padrões aplicáveis em cada país. Mais informações estão disponíveis em pacorabanne.com.

ArtRio

A marca Paco Rabanne está na atual edição do ArtRio, maior evento de arte do Rio de Janeiro, expondo os frascos inquebráveis da coleção de perfumes Pacollection. O happening acontece de 14 a 18 de outubro, na Marina da Glória, mas também está disponível online. Basta entrar no site artrio.com/online/ e aproveitar. Bazaar é mídia oficial do evento.