Ruivo acobreado: tudo sobre o tom que conquistou Kendall Jenner e Anitta
Foto: Getty Images

As semanas de moda internacionais são um excelente termômetro de quais tendências dominarão o universo da beleza nos próximos meses – dentro e fora das passarelas. Entre foco nos olhos e acessórios de cabelo, um visual se destacou ao longo da temporada de desfiles: o ruivo adotado por Kendall Jenner.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

A modelo não foi a primeira a adotar a coloração e segue passos de grandes nomes, incluindo a cantora Anitta. Kendall optou por um ruivo acobreado que, segundo Natan Correia, gera menos danos aos fios. “É uma cor suave, natural, uniforme, de manutenção mais baixa. A maioria das apostas de tonalidades para os próximos meses segue essa proposta. É moderno e, ao mesmo tempo, um clássico”, completa o embaixador da Schwarzkopf Professional.

O ruivo também conquistou nomes como Larissa ManoelaManu GavassiClaudia Leitte. Apesar de ser uma coloração que necessita menos manutenção, quando comparada ao loiro, por exemplo, ainda há alguns fatores importantes para se atentar.

“Quando o assunto é cabelo ruivo, a gente precisa estar muito atento à formulação para chegar nesses tons e levar sempre em consideração o fundo de clareamento que a gente vai ter com a oxidação do cabelo. E se ele já tem pontas claras, coloração prévia… tudo isso vai influenciar”, explica Natan.

Para quem se interessou no tom de Kendall, o beauty expert afirma que dá para chegar em um tom bem semelhante com a linha Igora Royal. “Em uma base castanho natural, usaria um 8.46 na raiz e um 12.46 no comprimento e ponta. Apenas isso. Não usaria descoloração nesta técnica para preservar ao máximo a estrutura dos fios”, descreve.

Pré e pós-coloração

Ruivo acobreado: tudo sobre o tom que conquistou Kendall Jenner e Anitta
Foto: Reprodução/Instagram/@anitta

Toda mudança capilar exige atenção com a saúde dos fios e com o ruivo não é diferente. Natan recomenda, antes de qualquer transformação, ir ao salão fazer uma avaliação e conhecer as necessidades de cada fio. “Recomendo tratamentos que reconstroem as pontes do cabelo e algum ritual detox para retirar resíduos metálicos, acúmulo de produtos, poluição e outros fatores que podem alterar o processo de clareamento ou mudança de tom”, afirma.

Já no pós-tingimento, é importante manter um cronograma capilar que cumpra e sirva para todas as necessidades do cabelo, incluindo hidratação, nutrição e reconstrução. Quando falamos sobre ruivo, o beauty artist recomenda evitar lavar os fios com água quente e usar produtos com proteção térmica e filtros UV, ferramentas que ajudam a manter a intensidade da cor.

“Para a manutenção do ruivo, sempre oriento para o uso de shampoos com pH mais ácido, que ajudam a fechar mais a cutícula do cabelo e minimizar o processo oxidativo dos pigmentos, mantendo assim os fios sempre hidratados e tratados. Quanto menos poroso o cabelo estiver e quanto menos agressões você permitir que esse cabelo sofra, mais durabilidade vai ter essa cor. Então, tente evitar excesso de ferramentas térmicas, não deixe de passar um leave-in para proteção de cor e configurar o secador na temperatura mais morna”, acrescenta.

Escolha de tom

Ruivo acobreado: tudo sobre o tom que conquistou Kendall Jenner e Anitta
Foto: Reprodução/Instagram/@nikki_makeup

Natan afirma que a escolha do tom é uma questão individual, mas que sempre vale falar com um profissional para ajudar na decisão, levando em conta o subtom e a coloração pessoal de cada um. Mas o beauty artist aponta quais são as tendências do momento: “Tenho visto muitos ruivos mais nude, os amadeirados e também o acobreado mais clássico… Aquele ruivo mais laranjinha mesmo.”

Apesar de estas serem as tonalidades em alta, vale apostar na nuance que mais te agrada.

“Uma das tendências atuais segue uma paleta de cores ligada à natureza e tons terrosos, inspirados na necessidade de conforto aconchegante. A proposta é dar um passo para trás, buscar tons atemporais que destacam o desejo de avaliar nossas prioridades e valores enquanto buscamos um estilo de vida mais simples e prático. Nesta seleção, há tons suaves de damasco com fundo marrom sutil e nuances de chocolate com toque acobreado, avermelhado. São cores de baixa manutenção, elegantes, clássicas – tendências de lifestyle que moldam as passarelas e a forma como vivemos”, finaliza Natan Correia.