Foto: Reprodução

Alguns especialistas são radicalmente contra a limpeza de pele tradicional. É o caso da cosmetologista Roseli Siqueira, de São Paulo. “A extração dos cravos pode provocar o rompimento da estrutura do poro, deixando marcas irreversíveis”, afirma. Em sua clínica, faz a limpeza com cremes e vaporizador quente, para amolecer o sebo. “Depois, massageio o poro e retiro apenas o excesso, que sai naturalmente.”

Para Roseli, que segue uma linha de tratamento à base de produtos naturais que ela mesma desenvolveu, a melhor forma de cuidar do excesso de cravos e oleosidade é limpando a pele regularmente em casa com sabonete, esfoliante e tônico. “Com alimentação equilibrada e cuidados diários, a pele volta a ficar sadia”, acredita. Produtos com zinco, extrato de romã e grapefruit na composição são recomendados para o dia a dia.

Máscaras de argila também são indicadas para minimizar a oleosidade (repita a aplicação semanalmente). Lembre-se: disciplina é fundamental.

Veja mais:
Limpeza de pele: saiba quando fazer

Assine a Harper’s Bazaar