- Foto: Getty Images
– Foto: Getty Images

Graças aos avanços da medicina estética, rugas e flacidez facial há muito deixaram de denunciar a idade de alguém. O problema é esquecer de tratar de um dos aspectos mais reveladores da ação do tempo: o envelhecimento das mãos. As marcas estão ali, no dorso delas, geralmente na forma de manchas castanhas e veias saltadas. “À medida em que envelhecemos, as mãos perdem volume, gordura e elasticidade”, diz o dermatologista Daniel Coimbra. O resultado? A pele fica mais fina e os ossos, veias e tendões saltam aos olhos.

Nos consultórios, nunca tantas mulheres buscaram ajuda para aliviar o incômodo. E o atual cardápio de tratamentos é fartamente variado. Inclui peelings, cremes que estimulam a produção de colágenos, clareadores, preenchedores, hidratação profunda, luz pulsada para acabar com as manchas solares e lasers para esticar e rejuvenescer a pele. Os procedimentos variam de R$1.500 a R$2 mil reais por sessão, e os efeitos duram de oito meses a um ano, às vezes até um pouquinho mais do que isso.

“Indico o laser Nd-Yag fracionado e o Erbium contra manchas e rugas, além de hidratantes injetáveis, como Restylane Vital Light e Juvéderm Hydrate”, revela a dermatologista Carla Vidal.

A hidratação profunda é a novidade que tem agradado médicos e pacientes com mais de 35 anos. À base de ácido hialurônico em microgotas, a solução é injetada e, ao se espalhar na derme, absorve moléculas de água. “A pele fica esticada e rejuvenesce”, diz Coimbra, um dos primeiros a misturar o tratamento.

Para deixar a mão com mais volume e menos veias, médicos também injetam gordura dos glúteos ou quadris da própria paciente (acredita-se que os resultados são mais duradouros e não há risco de rejeição). Mas, a grande maioria dos especialistas opta pelos preenchimentos sintéticos, como Restylane, Sculptra e Radiesse. Há ainda quem recorra, raramente, à escleroterapia, uma solução que, injetada diretamente na veira, deixa-a menos saltada.

A melhor recomendação, no entanto, é a mais simples. “Aplique cremes com FPS várias vezes ao dia, até dentro de casa”, recomenda a dermatologista Maria Fernanda Tembra, de São Paulo. “E cuide das mãos com o mesmo empenho e fórmulas do rosto”, diz. Afinal de que adianta ter um rosto 10 anos mais jovens se suas mãos podem lhe render injustos anos a mais? Clique na galeria abaixo para ver produtinhos selecionados:

 

Assine a Harper’s Bazaar