Foto: reprodução
Foto: reprodução

Vitamina A
Conhecida como: a anti-idade

O que é: vitamina A vem na forma de retinol ou palmitato de retinol. Ambos são considerados antioxidantes, mas retinol é a forma mais potente. “Retinol é convertido em ácido retinóico quando está na pele. Esses ingredientes ajudam a estimular a produção de colágeno e fibroblastos, que engana a pele a faz agir como uma pele jovem novamente. De modo geral, o retinol vai reestruturar a pele e ajudar a suavizar as marcas de expressão. É a melhor fonte de juventude que nos temos”, disse a esteticista de Demi Lovato e Sofia Vergara, Renée Rouleau.

Quem deveria usar: Renée recomenda o uso de palmitato de retinol em pessoas de 20 anos para prevenir danos que vem com o tempo, e trocar para retinol aos 30.

Vitatamina B3
Conhecida como: o hidratante e redutor de vermelhidão

O que é: também conhecida como niacinamida, a vitamina B3 aumenta a produção de ceramida e reforça a função de barreira da pele, que é a chave para bloquear a umidade e evitar irritantes e poluentes. “Além disso, ela tem sido conhecida por ajudar com a hiperpigmentação pós-inflamatória, especialmente os de acne”, diz Renée.

Quem deve usar: quem tem rosácea, pele seca ou sensível irá sentir os benefícios da vitamina B3. Renée ainda diz que a barreira de hidratação da pele, geralmente começa a se enfraquecer aos 30, 40 anos.

Vitamina C
Conhecida como: a mais brilhante

O que é: um antioxidante tropical que tem se provado altamente eficaz na inibição de danos quem vem com o tempo. “Há muitos tipos diferentes, logo é preciso ter cuidado pois a vitamina C pode se muito acida”, diz Réene. Além disso, as formas da vitamina não-ácida tendem a ser mais estáveis e não oxidar mais rapidamente quando expostas a luz, em outras palavras toda vez que você abrir o frasco, logo ele não perde sua eficácia tão rápido como o ácido ascórbico.

Quem deve usar: qualquer um, todos os dias sob o protetor solar.

Vitamina E
Conhecida como: o hidratante reparador

O que é: vitamina E é um antioxidante que reduz a formação de danos causados pelo tempo e ajuda a fortalecer a barreira de hidratação da pele, por isso você o encontrará em produtos e tratamentos pós sol, para estrias e cicatrizes.

Quem deve usar: “No geral, é bom para todos os tipos de pele”, diz Renée.