Duas obras da serie Mandalas Disfuncionais de f. marquespenteado - Fotos:divulgação
Duas obras da serie Mandalas Disfuncionais de f. marquespenteado – Fotos:divulgação

A CASA, Museu do Objeto Brasileiro, inaugura sua nova sede em São Paulo. Para começar com o pé direito, a diretora Renata Mellão escolheu a  individual Sentido Figurado, de f. marquespenteado, para estrear o espaço expositivo da instituição.

Na exposição, concebida especialmente para a ocasião, o artista visual exibe quarto séries de trabalhos inéditos realizados a partir de deslocamentos, interferências em bordado à mão ou à máquina sobre móveis, diferentes tipos de objetos decorativos domésticos e tecidos, além de uma grande quantidade de elementos de um ateliê de costura.

Em Esculturas Reticuladas, encontramos oito composições onde o artista faz uso do potencial simbólico e representativo de objetos como livros, flores artificiais e garrafas, buscando evocar colisões de sentido e provocar prosopopeias. Já Mandalas Disfuncionais é montada sobre teares manuais inventados e cestinhos plásticos de pão, onde  f. marquespenteado usa diversas técnicas e materiais de bordado manual para criar imagens descentralizadas e repetidas irregularmente.

Florais Rajados aparece como uma série de colagem têxtil que parte de lenços impressos manualmente. Enquanto Arranjos Premiados ganha um comentário crítico do artista ao destino do plástico como matéria-prima. A vernissage acontece nesta quarta-feira (08.10) e a mostra abre ao público na quinta-feira (09.10). Permanece no local até o dia 30 de novembro de 2014.

“Sentido Figurado” @ A CASA museu do objeto brasileiro
Avenida Pedroso de Morais, 1216, Pinheiros, São Paulo, tel.: 0XX11 3814 9711
Entrada gratuita, de terça a sexta-feira, das 10h às 19h. Sábados e domingos, das 10h às 18h