“A Star Is Born” de 1954 tem Judy Garland como protagonista

Obra é um clássico do cinema que tem quatro versões

by Beatriz Poletto
Foto: Divulgação

Foto: Divulgação

Judy Garland é uma lenda do cinema: no auge de sua carreira, participou dos anos dourados de Hollywood e fez história com sua voz e atuação. Em 1954, ela estrelava o filme “A Star is Born”, ao de lado de James Manson. Dirigido por George Cukor, o longa é o fashion filme da semana.

A história fala sobre uma jovem atriz e cantora – Esther Blodgett -, que se apaixona por uma celebridade, o ator Norman Maine. Ao ajudá-la, Norman se afunda cada vez mais no alcoolismo, e coloca sua própria carreira em risco.

E este é apenas um dos remakes do filme: a trama original foi lançada em 1937, com Janet Gaynor e Fredric March. Em 1976 foi Barbra Streisand quem ocupou o papel principal. Neste ano, Lady Gaga foi eleita pelo diretor Bradley Cooper para mais uma versão do filme.

Uma mistura entre drama, musical e romance, o longa-metragem foi nomeado a seis estatuetas do Oscar, entre elas melhor atriz, melhor direção e melhor figurino. Acima, Judy usa um dos vestidos mais icônicos do universo cinematográfico: para o Globo de Ouro deste ano, Lady Gaga se inspirou na atriz e usou um vestido feito pela maison Valentino.

Um dos pontos altos do longa é o backstage do teatro e das apresentações que aconteciam de fato no palco. Com peças de roupas e a maquiagem mais marcante, é evidente a diferença entre as preparações de uma apresentação ao vivo para o cinema. As músicas da obra também chamam a atenção: “Overture” e “Gotta Have Me Go With You” emocionam e tem o toque único de Judy.

A silhueta típica do pós-guerra também marca a trama: cintura alta, ombros fortes e até a gola das camisas usadas pela protagonista são itens que destacam a época em que o longa foi rodado.

O glamour é evidente no filme, mesmo que em preto e branco. Um must-see, principalmente para os amantes da obra lançada em 2018 – a diferença entre Lady Gaga e Judy Garland é nítida, e devemos entender o valor de uma verdadeira estrela dos anos 1950.

SIGA A BAZAAR NO INSTAGRAM

Foto: Reprodução/IMDb

Foto: Reprodução/IMDb

Foto: Reprodução/IMDb

Foto: Reprodução/IMDb

Foto: Reprodução/IMDb

Foto: Reprodução/IMDb

Foto: Reprodução/IMDb

Foto: Reprodução/IMDb

Leia mas:
Lady Gaga e Bradley Cooper: sai o trailer de “Nasce uma Estrela”
“Kill Bill” eterniza Uma Thurman como símbolo de vingança
“Matrix”: invista no poder do all black